Cadastro Nota Fiscal Paulista: saiba como funciona

Por Redação Azulis

Com a implementação da Nota Fiscal Paulista em 2007, os consumidores passaram a ter direito a alguns benefícios, como resgate de créditos, desconto no IPVA e participação em sorteios.

Porém, apenas aqueles que estão cadastrados no site da Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo podem usufruir das vantagens disponíveis.

Acompanhe para saber como se cadastrar e participar do programa.

Veja como é realizado o cadastro Nota Fiscal Paulista

Para fazer o cadastro Nota Fiscal Paulista e conseguir usufruir dos benefícios disponíveis, basta seguir alguns passos simples:

  • Entre no Sistema da Nota Fiscal Paulista;
  • Depois selecione a opção “Novos Cadastros”;
  • Na opção de pessoa física, é necessário preencher os dados solicitados e depois clicar em “Avançar”;
  • Crie uma senha, que deve conter oito caracteres, letras maiúsculas, minúsculas e pelo menos um número.

Agora é possível consultar seu saldo e os benefícios referentes ao programa. 

Por que colocar o CPF na Nota Fiscal Paulista?

Se você mora no estado de São Paulo, já deve ter ouvido a pergunta: “Quer CPF na Nota?”. A frase está no repertório dos vendedores desde a instituição da Nota Fiscal Paulista em 2007, programa da Secretaria da Fazenda do Estado para ampliar a fiscalização contra a sonegação de impostos. 

E qual é a vantagem de colocar o CPF na Nota Fiscal Paulista? Para o empresário, reforça que está em dia com suas obrigações fiscais. Para o consumidor, três benefícios estão disponíveis. 

  • Créditos em dinheiro de até 20% do ICMS incidido na nota fiscal. O valor pode ser transferido para conta-corrente ou poupança a partir de seis meses da emissão;
  • Abatimento dos créditos no valor do IPVA do ano seguinte;
  • Sorteios mensais da Nota Fiscal Paulista de prêmios que podem chegar a R$ 1 milhão. A participação é automática a cada R$ 100,00 de saldo. Basta aceitar o termo no site da Secretaria da Fazenda.

Como consultar seus créditos da Nota Fiscal?

Para conferir seu saldo atual, basta entrar no site da Secretaria da Fazenda. Elencamos abaixo o passo a passo:  

  • Acesse o Sistema da Nota Fiscal Paulista;
  • Insira o CPF ou CNPJ e a senha, depois clique em “acessar”;
  • Selecione o período de emissão e clique em “consultar”.

Prontinho. Viu como é fácil? Agora basta analisar os valores acumulados pelas compras realizadas.

Conheça os principais tipos de Nota Fiscal

O programa de Nota Fiscal Paulista abrange cinco tipos de documentos fiscais que podem ser emitidos para a geração de créditos:

– Nota Fiscal (modelo em papel);

– Nota Fiscal de Venda a Consumidor (modelo em papel e on-line);

– Cupom Fiscal;

– Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (NFC-e) ;

– Cupom Fiscal Eletrônico (CF-e-SAT).

Para saber mais sobre a Nota Fiscal Paulista, o site da Secretaria da Fazenda possui uma página com as perguntas mais frequentes sobre o programa. 

Para ficar mais inteirado sobre notas fiscais e outros assuntos de interesse para seu negócio, basta acessar o blog da Azulis!

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!