Cortar custos: Como proceder para tomar as melhores decisões

Por Redação Azulis

Há diferentes formas de melhorar o orçamento da empresa – sempre com bom planejamento

Empreendedores dos mais variados portes e segmentos enfrentam dificuldades semelhantes em seus cotidianos. Ata competitividade do mercado; cargas tributárias elevadas; crise econômica causada pela pandemia do novo coronavírus.

Esses são só alguns exemplos que justificam a necessidade de cortar custos nas empresas. A questão é: como fazer isso?

As vendas diminuíram? Saiba como cortar custos neste guia definitivo!

Confira o guia da Azulis e comece a cortar custos! Política de Privacidade

Acesse seu E-mail para baixar o conteúdo.

Motivos para cortar custos

O maior benefício de cortar custos e despesas é simples e objetivo:  melhorar o orçamento da organização. Com isso, ela se tornará mais atrativa para receber novos investimentos para criar  produtos e serviços.. Confira algumas situações que podem levar uma empresa a cortar custos:

🡪 Contas mensais elevadas: água, luz, telefone, internet, aluguel, etc;

🡪 Despesas com a contratação de colaboradores;

🡪 Baixa venda de produtos e, consequente, estoque encalhado;

🡪 Queda na procura pelo serviço oferecido pela empresa;

🡪 Carga tributária elevada;

🡪 Alta no preço da matéria-prima necessária para produzir o produto;

Os motivos acima são apenas alguns que e podem levar o empreendedor a cortar custos. É importante ressaltar ainda que, no mundo corporativo, custos e despesas possuem conceitos diferentes:

Custos 🡪  São desespesas que estão diretamente ligadas ao produto ou ao serviço que a empresa oferece: compra de matéria-prima, gastos com a mão de obra, manutenção de equipamentos. Ou seja, tudo o que é gasto na produção.
Despesas 🡪 São os gastos que estão diretamente ligados ao funcionamento diário da empresa: contas de luz, água, telefone, aluguel, internet, publicidade, salário dos funcionários.Tudo o que é gasto na estrutura da empresa é considerado despesa.

Ao fazer um planejamento de economia único que abarque os custos e as despesas da empresa como um todo, porém, a missão de cortar custos pode ser simplificada. 

Como decidir quais custos cortar

Antes de começar a cortar custos, é importante primeiro fazer uma análise seguida de um bom planejamento. Nenhum empreendedor deve promover cortes sem antes ter ciência dos valores de cada custo e despesa que a empresa consome. Depois que tiver vistoriado detalhadamente tudo o que sai e entra da companhia, é recomendável analisar três fatores:

1.Qual será o impacto que a redução de cada custo terá no meu negócio?

2.O resultado desses cortes será mais positivo ou negativo?

3.Quais setores da empresa serão mais afetados e por quê?

Considerando que o impacto do corte de custos e despesas sobre a gestão da empresa tenha sido extensivamente analisado e conhecido pelo empreendedor, é hora de definir os setores que, de fato, sofrerão redução. Para que a escolha seja feita de forma lógica, é bom seguir alguns critérios, como:

– A tecnologia pode ser usada para otimizar os processos;

– Colaboradores podem ser estimulados e instruídos a economizar despesas e custos;

– Contratos com fornecedores podem ser renegociados;

Após analisar as consequências que cada corte pode resultar no cotidiano da empresa e obter um diagnóstico econômico completo do negócio,  r é hora de colocar as medidas em ação. Confira algumas dicas práticas que podem ajudar a cortar custos:

🡪 Altere o regime de tributação: muitas empresas pagammais do que deveriam no Imposto de Renda porque escolhem o regime de tributação equivocado. Vale a pena contratar uma consultoria para analisar se as alíquotas de abatimento e a tributação do IR poderiam ser reduzidas.

🡪 Contrate planos corporativos para serviços de comunicação: utilize o CNPJ da empresa para negociar descontos com empresas de telefonia e internet..

🡪 Oriente os colaboradores a economizar água e energia: incentive o uso copos reutilizáveis individuais  e oriente a equipe a manter lâmpadas e computadores desligados quando não estiverem em uso. Para reduzir o consumo do ar-condicionado, mantenha as janelas abertas sempre que possível.

🡪 Renegocie contratos com fornecedores: reavalie o valor gasto com terceiros. Pesquise o que mercado oferece e quanto é cobrado pelo mesmo serviço e apresente um relatório aos fornecedores, dizendo que está disposto a trocar de parceiro caso não possam fazer um novo acordo.

🡪 Otimize os processos internos da empresa: invista em softwares que facilitem a comunicação, o armazenamento e o compartilhamento de informações. Uma das consequências é que a necessidade de imprimir papéis e imagens vai diminuir drasticamente.
🡪 Contrate ou demita colaboradores somente se necessário: tanto o treinamento de novatos quanto os direitos trabalhistas do demitido representa elevados custos para a empresa. Antes de decidir por uma contratação, analise a viabilidade de um serviço terceirizado.  Avalie também se os prejuízos financeiros de uma demissão não serão maiores que os benefícios.

🡪 Treine toda a equipe para que tenham o máximo de produtividade e organização. Quanto menos tempo for despendido com processos desnecessários l, menores serão os custos da empresa. Mas atenção: isso não significa explorar os funcionários. A produtividade dos colaboradores está intimamente ligada à qualidade do ambiente corporativo.


🡪 Ofereça aos profissionais opções de construir um banco de horas para organização de folgas ou de Home Office ocasionalmente (uma vez por semana, por exemplo): isso resultará em  economia para a empresa e em mai conforto e bem-estar para o colaborador. 

Cuidado na hora de cortar custos

Nunca é demais ressaltar a importância de examinar a situação econômica do empreendimento e fazer um planejamento preciso antes de começar a cortar custos. Algumas atividades da empresa que, a princípio, podem parecer “descartáveis”, podem se revelar essenciais depois.

Confira alguns cuidados que a empresa deve tomar antes de cortar custos:

🡪 O corte de custos e despesas não deve afetar ou alterar a qualidade final do produto ou serviço que a empresa oferece;

🡪 Na hora de renegociar contratos com fornecedores, busque sempre manter um bom relacionamento – mesmo que, a princípio, possa haver uma ruptura;

🡪 Caso precise fazer uma manutenção dos equipamentos antigos, avalie se não é mais vantajoso adquirir equipamentos mais modernos e que durem mais tempo.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!