Curso de design gráfico: vale a pena investir nessa formação?

Por Redação Azulis

Carreira na área de criação gráfica é uma das mais promissoras no Brasil atual

Ainda que concorrido, o mercado está sempre aberto para profissionais que provam ser qualificados. Buscar formações que desenvolvam novas habilidades e competências é o melhor caminho para atrair a atenção dos recrutadores de RH, elevar-se de posição dentro do emprego atual ou aprimorar as aptidões do trabalhador autônomo.

E dentre as possibilidades de formação mais atraentes está o curso de design gráfico.

Apontado como uma das 10 carreiras mais promissoras no Brasil atualmente, o designer gráfico atua dentro da área de Comunicação e Marketing – esse um dos oito segmentos profissionais que mais crescem no país.

Com tal tendência se confirmando, as oportunidades para quem investe em um curso de design gráfico são consideráveis.

Saiba mais sobre essa interessante qualificação! 

O que faz um designer gráfico

O designer gráfico é um profissional criativo e de senso estético apurado que produz peças e projetos de comunicação visual, fazendo o uso de textos, imagens, cores e ilustrações para produzir os mais diversos tipos de materiais.

Isso inclui: páginas na web e mídias digitais variadas, animações, capas de livros, layout de revistas e jornais, outdoors, embalagens, panfletos e muito mais.

Além disso,  o designer gráfico pode ser contratado e atuar para uma variada gama de empresas:

🡪 Estúdios de design
🡪 Agências de publicidade
🡪 Editoras
🡪 Gráficas
🡪 Produtoras
🡪 Emissoras de televisão
🡪 Empresas de comunicação
🡪 Estúdios de cinema
🡪 ONGs
🡪 Jornais
🡪 Órgãos públicos

O curso de design gráfico gera ainda a perspectiva de o profissional atuar de forma independente, disponibilizando seus serviços como freelancer para criar peças a partir do próprio computador – e até mesmo em home office.

Não custa ressaltar que, uma vez finalizado o curso, o designer pode ainda especializar-se em um ramo específico de criação: ilustração, diagramação, direção de arte, arte-finalização etc.

No Brasil, o salário médio de um designer gráfico é de R$ 2.155 mas pode chegar a mais de R$ 4 mil.

De maneira resumida, o designer gráfico não só soluciona problemas de comunicação como também ajuda instituições, empresas e marcas a se relacionarem com seus públicos.

Como funciona um curso de design gráfico

Existem diversas instituições tanto públicas quanto particulares espalhadas pelo Brasil que oferecem o curso de design gráfico de nível superior.

Evidentemente, cada curso de design gráfico possui suas próprias especificações e grade curricular, mas de maneira geral eles têm duração de quatro anos para a habilitação em grau bacharelado e dois anos para o curso em grau tecnológico. As duas opções são reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC).

Independentemente se optar pelo grau bacharelado ou pelo tecnológico, durante o curso o futuro designer deve aprender na teoria e na prática sobre:

🡪 História da arte e do design;
🡪 Teorias do design;
🡪 Desenho;
🡪 Computação gráfica;
🡪 Métodos e técnicas de projetos;
🡪 Comunicação visual;
🡪 Ergonomia;
🡪 Ilustração;
🡪 Interfaces;
🡪 Tecnologias da informação e comunicação;
🡪 Produção e mercado;
🡪 Modelagem 3D;
🡪 Teoria das cores;
🡪 Desenvolvimento de embalagens;
🡪 Publicações para a web;
🡪 Desenho artístico;
…e muito mais.

O curso de design gráfico de nível tecnológico, mais focado nas necessidades do mercado de trabalho, pode ser feito tanto presencialmente quanto a distância – pelo sistema EAD.

Nesse caso, parte das aulas teóricas é ministrada online e as atividades práticas, provas e entregas de trabalho são feitas presencialmente em um polo da instituição que oferece o curso.

Assim, mesmo que se opte pelo curso EAD, vale a pena escolher uma instituição que possua um polo próximo da sua residência.

Três benefícios de um curso de design gráfico

Confira algumas das vantagens que o profissional adquire ao investir em um curso de design gráfico:

1.Ingresso em um mercado de trabalho em expansão;

2. Aumento da variedade de empresas e das formas para se trabalhar – inclusive como freelancer;

3.Por ser uma carreira que não exige diploma superior, possuir de fato o diploma lhe confere uma enorme vantagem competitiva.

Como escolher o curso de design gráfico ideal para você

Ainda que as melhores oportunidades de trabalho para o designer gráfico estejam em locais como Rio de Janeiro, São Paulo, Recife e Florianópolis, bons cursos podem ser encontrados em todo o Brasil.

Alguns dos melhores cursos de design gráfico reúnem-se em São Paulo, Salvador, Natal, Belém, Maringá e Ponta Grossa.

Antes de escolher seu curso, porém, é preciso avaliar seu próprio perfil pessoal. Ser um bom designer gráfico, afinal, requer criatividade, conhecimento atualizado constantemente, inovação, apreço pelas artes, senso estético, comprometimento com as entregas e até mesmo conhecimento de tecnologia.

Uma vez que a resposta seja positiva para todos esses quesitos, siga os seguintes critérios:

🡪 Escolha um curso que combine com seu objetivo profissional: se tem certeza que irá atuar na área, pode valer a pena fazer o curso de grau bacharelado. Se ainda está experimentando o segmento ou não tem muito tempo livre, um curso tecnológico a distância pode ser a melhor opção.

🡪 Pesquise na própria internet o quão bem avaliado é o curso de design gráfico que você está de olho para não acabar desperdiçando tempo e dinheiro com uma instituição que não irá lhe preparar bem.

🡪 Mesmo que decida-se por um curso com a opção do EAD, tenha o cuidado de escolher uma instituição com polo de apoio perto da sua residência – ou as aulas práticas e a entrega de provas e trabalhos lhe trarão mais um problema. 

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!