Bagagem de mão: confira o que pode ser levado e evite problemas

Por Redação Azulis

Você sabe o que é uma bagagem de mão? Ela serve para armazenar itens que irão junto com você no avião. Saiba mais detalhes sobre.

bagagem de mão

Neste texto, você entenderá o que pode ser considerado uma bagagem de mão, o que você pode levar e o que é proibido pelas empresas.

Você também verá quais são as principais regras das companhias aéreas para esse item. Vamos lá?

O que pode levar na bagagem de mão?

As bagagens de mão podem mudar com relação ao tipo de voo que será pego pelo passageiro.

Nos voos nacionais, os passageiros podem levar uma mochila com as medidas máximas de 35 x 20 x 45 cm, ou uma mala com as medidas 35 x 25 x 55 cm (incluindo bolsos, alças e rodinha). A mala não pode ultrapassar os 10 kg.

Já com relação aos voos internacionais, as regras para as empresas nacionais são as mesmas, entretanto, as instituições estrangeiras podem ter suas próprias regras com relação ao que permitem como bagagem de mão.

É muito importante procurar se atentar a essas regras específicas, caso vá fazer conexões entre empresas de aviação nacionais e estrangeiras.

Um dos itens que podem ser barrados nos voos internacionais são os líquidos e pastosos.

Apesar de serem totalmente livres em viagens domésticas, quem for para outro país não pode ultrapassar 10 ml de cada produto, como xampu, condicionador, cremes e afins.

Nos voos domésticos, algumas empresas nacionais permitem que o passageiro leve 1 item pessoal além da sua bagagem de mão, como cobertor, laptop, pasta de trabalho ou outros itens.

Por lei, a companhia aérea não é responsabilizada em caso de perda da bagagem de mão, já que ela está sobre os cuidados do seu próprio dono.

Por isso, é preciso ter bastante atenção para que nenhuma pessoa pegue a sua mala de mão por engano ou má-fé.

Caso a sua mala de mão ultrapasse o limite de peso permitido, a companhia orientará que ela seja despachada, e você estará sujeito a cobrança pelo procedimento, como normalmente é feito com as malas normais.

As bagagens despachadas ficam sob responsabilidade da empresa de aviação.

O que é proibido na bagagem de mão?

Além da questão da medida e peso, existem alguns tipos de itens que entram na lista de “não pode levar na bagagem de mão” em vôos internacionais. Entretanto, alguns deles podem ser levados na mala despachada, assim, você não precisará se desfazer deles ao viajar.

Objetos pontiagudos

Objetos pontiagudos como navalha, lâmina de barbear, alicates de unha e cutícula e agulhas para tricô e crochê são alguns dos exemplos de objetos dessa categoria que não podem ir na bagagem de mão.

Remédios e cosméticos

Com relação a remédios e cosméticos, desodorantes aerosol não podem ser transportados. Outros produtos líquidos e pastosos devem seguir a regra de terem um volume menor do que 10 ml.

Remédios podem ultrapassar o limite permitido, caso sejam indispensáveis para o passageiro durante a viagem. Além disso, é necessário que eles sejam mostrados separadamente ao agente de segurança. Remédios em cápsulas tarja preta só podem ser transportados com a apresentação de uma receita médica.

Alimentos e bebidas

Bebidas alcoólicas não podem ser levadas na bagagem de mão, além de outros tipos de bebidas que não foram adquiridas na área duty free. Os demais alimentos líquidos ou pastosos devem respeitar a norma de não ultrapassar os 10 ml de volume.

Alguns países proíbem o transporte de produtos frescos ou não industrializados, como Estados Unidos e Austrália. Além disso, a União Europeia não aceita a entrada de produtos de origem animal ou frescos que não tenham sido adquiridos dentro do grupo.

Quais as regras para as principais companhias aéreas?

Agora que você conheceu alguns dos itens que podem e não podem ser transportados em viagens de avião, em voos domésticos e internacionais, confira algumas especificidades das companhias aéreas brasileiras com relação à bagagem de mão.

Bagagem de mão na Gol

Algumas companhias aéreas fazem parte da Abear (Associação Brasileira de Empresas Aéreas), que padronizou algumas regras relacionadas às características da bagagem de mão.

A Gol é uma dessas empresas, por isso, a empresa só aceita malas que pesem menos que 10 kg. As medidas da bagagem devem ser, no máximo, 35 x 25 x 55 cm. Essas normas valem tanto para voos domésticos quanto para viagens internacionais.

Bagagem de mão na Latam

Assim como a Gol, a Latam também faz parte das empresas que seguem as regras da Abear. Nesse caso, as malas também não podem ultrapassar os 10 kg ou 35 x 25 x 55 cm de medida.

Essas regras também são válidas para voos domésticos e internacionais operados pela empresa, mas atenção: caso a sua viagem necessite de conexões com empresas estrangeiras, é preciso que a sua bagagem também atenda aos seus requisitos.

Bagagem de mão na Azul

Apesar de a Azul não fazer parte da Abear, a empresa optou por seguir as mesmas regras relacionadas à bagagem de mão. Por isso, verifique levar uma mala com as medidas 35 x 25 x 55 cm, além de não ultrapassar os 10 kg.

As normas valem para voos internacionais e domésticos e, caso a bagagem não atenda aos requisitos, poderá ser despachada, sendo os custos com essa atividade pagos pelos passageiro.

Confira todos os itens antes de viajar para evitar problemas

Apesar de aeroportos e aviões serem considerados locais um pouco mais seguros com relação a roubos e furtos, é preciso tomar alguns cuidados para evitar esse tipo de situação durante a sua viagem.

Evite viajar com malas caras ou de marca, já que isso chamará a atenção de criminosos, que poderão te abordar antes ou após entrar no aeroporto (ou até mesmo dentro dele). Ao mesmo tempo, procure levar os seus itens mais valiosos dentro da bagagem de mão.

Essa medida é importante pois, caso a sua mala despachada seja extraviada, você ainda poderá contar com os seus itens mais importantes, além de ser uma forma de você prover uma segurança extra para eles.

Coloque etiquetas com o seu nome e telefone nas malas, tanto a de mão quanto a despachada. Assim, caso você as perca, a pessoa que encontrá-las poderá entregar para o serviço de achados e perdidos, que conseguirá lhe encontrar mais rapidamente, além de ser uma maneira para comprovar de que a bagagem realmente é sua.

Se possível, procure declarar os itens que você está levando em sua bagagem, pelo menos os mais valiosos e importantes. Em caso de extravio, você poderá atestar os produtos que estava levando, bem como os seus respectivos valores para reembolso.

Assim, entendendo o que é uma bagagem de mão, o que não pode levar e o que é permitido, além de quais cuidados você precisa ter para que a sua mala não seja roubada ou extraviada, você terá maior segurança para viajar, evitando imprevistos.

Gostou do texto? Então, compartilhe-o nas redes sociais e permita que mais pessoas aprendam a viajar com suas bagagens de mão com tranquilidade!

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!