Cheque: o que é, como depositar e preencher

Por Redação Azulis

Você sabe a forma correta de preencher, depositar e emitir um cheque? Preparamos um artigo completo com todas as informações sobre o assunto.

Cheque

À medida que a tecnologia avança, novos meios de pagamento são desenvolvidos para atender às necessidades do consumidor da era digital, que é cada vez mais exigente em relação à agilidade e comodidade dos processos. No entanto, isso não significa que as alternativas tradicionais, como o cheque, se tornaram obsoletas.

Apesar do brasileiro preferir pagar com cartão de débito ou dinheiro em espécie, o cheque ainda é uma modalidade bastante utilizada. Por isso, neste conteúdo mostraremos o que é esse documento, como ele deve ser preenchido e como depositá-lo. Continue a leitura para conferir!

O que é cheque?

O cheque pode ser considerado tanto como um título de crédito quanto como uma ordem de pagamento à vista, pois deve ser pago no ato de sua apresentação à instituição bancária do sacado.

No entanto, para valores superiores à R$ 5 mil, é recomendado que o cliente comunique ao banco com antecedência, já que saques acima desse valor podem ser postergados para o expediente seguinte.

Por ser um documento que pode ser protestado ou executado em juízo, o cheque também é considerado como um título de crédito, como já mencionamos. Nele, estão presentes dois tipos de relação jurídica: uma entre o emitente e o beneficiário, outra entre o emitente e o banco.

Quem está envolvido na operação?

Três agentes estão envolvidos em uma transação de pagamento com cheque:

  • o emitente (sacador ou emissor) — é quem emite o cheque;
  • o beneficiário — é a quem o cheque é emitido;
  • o sacado — é a instituição bancária na qual o dinheiro do emitente está depositado.

Como preencher?

A seguir mostraremos um passo a passo sobre como preencher um cheque. É importante destacar que, antes de pegar a caneta, tenha certeza de que todas as informações que serão escritas estão corretas, para evitar erros e, por consequência, a inutilização do documento.

Passo 1.

Escreva o valor do cheque em números no campo “R$”. Por exemplo: R$ 350,00

Passo 2

Escreva o valor por extenso no campo “Pague por este cheque a quantia de”. Esse valor deve corresponder ao valor em números.

Passo 3

Escreva o nome da pessoa a quem o pagamento será realizado.

Passo 4

Coloque o local e a data em que você está preenchendo o cheque nos traços em branco. Por exemplo: “……,….de………..de………).

Passo 5

Para autorizar o banco a pagar a pessoa ou empresa — que apresentar o cheque para pagamento — assine o documento. Lembrando que a assinatura deve ser a mesma que foi registrada no cartão de assinaturas no ato da abertura da conta corrente.

Como depositar?

Há duas formas de depositar um cheque: em um caixa eletrônico ou diretamente na “boca do caixa”. Em ambos os casos, é importante que o documento esteja devidamente preenchido e assinado, como mostramos no tópico anterior, pois isso reduz os riscos de fraude e garante o depósito correto.

Depósito de cheque no caixa eletrônico

Passo 1

Vá até um caixa eletrônico da instituição bancária em que você tem uma conta corrente.

Passo 2

Preencha todas as informações no envelope em que o cheque será colocado.

Passo 3

Escolha a opção depósito no caixa eletrônico.

Passo 4

Selecione a conta e, em seguida, clique na opção “Cheque”.

Passo 5

Insira o cheque. A própria máquina dará as instruções sobre qual lado deve ser inserido primeiro.

Passo 6

Aguarde a máquina imprimir um comprovante de depósito com os dados que você digitou na transação, como informações do beneficiário, valor e data do depósito.

Depósito de cheque na “boca do caixa”

Antes de mais nada, lembre-se de levar o número de sua conta, um documento com foto e o cheque, é claro.

Passo 1

Assim que chegar na agência, pegue um envelope para depósito de cheque.

Passo 2

Preencha o envelope com todos os dados solicitados, da mesma forma como foi mostrado no tópico sobre depósito em caixa eletrônico. Depois coloque o cheque no envelope.

Passo 3

Vá até o caixa humano, entregue o envelope e informe o número da conta que você deseja realizar o depósito.

Passo 4

Por fim, pegue seu comprovante ou recibo de confirmação do depósito solicitado.

Formas de emissão

Existem três formas para emitir um cheque:

  • ao portador — é quando nenhum beneficiário é nomeado. O documento é pagável a quem o apresentar ao banco sacado. Não pode ser feito se o valor do cheque for superior a R$ 100;
  • nominal não à ordem — é quando o documento não pode ser transferido pelo beneficiário;
  • nominal ou nominativo à ordem — é quando o cheque só pode ser apresentado à instituição bancária pelo beneficiário indicado no documento. Diferente da opção anterior, ele pode ser transferido por endosso ao beneficiário.

Vale ressaltar que para tomar um cheque não à ordem, o emitente deve escrever a expressão “não à ordem”, “não transferível”, “proibido endosso” ou outra equivalente, após o nome do beneficiário.

Qualquer cheque com valor superior a R$ 100 deve ser nominal. Isso significa que deve constar a identificação do beneficiário. Se o documento com valor superior a R$ 100 for emitido sem identificação, será devolvido.

O que é cheque especial?

É um recurso decorrente de uma relação contratual, na qual o cliente recebe a concessão de uma linha de crédito para que possa cobrir cheques que ultrapassem o valor existente na conta. É importante lembrar que o banco cobra juros por esse empréstimo.

Motivos para devolução do cheque

Existem diversos motivos pelos quais um cheque pode ser devolvido. Os bancos os classificam em diferentes categorias. Entre elas, podemos citar:

  • cheque sem provisão de fundos;
  • impedimento de pagamento — cheque sustado ou revogado, furto ou roubo do documento, bloqueio judicial, entre outras razões;
  • cheque com irregularidade;
  • apresentação indevida — imagem fora do padrão, registro inconsistente; assinatura digital inválida ou ausente, entre outras razões;
  • emissão indevida;
  • a ser empregado diretamente pela instituição financeira contratada.

Para conferir todas as particularidades de cada categoria, acesse a lista completa de motivos para devolução de um cheque.

Nosso artigo sobre o que é cheque, como preencher e depositar foi útil para você? Gostaria de receber mais dicas e novidades sobre empreendedorismo e mercado financeiro? Então não deixe de acompanhar as postagens da Azulis!

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!