Empréstimo para construção: aumente a estrutura do seu negócio

Por Redação Azulis

Conheça as opções de empréstimo para construção do seu negócio com as melhores taxas de juros. Saiba mais aqui.

Começar ou aumentar um negócio não é a tarefa mais fácil do mundo, mas há algumas opções no mercado para facilitar essa questão, como os empréstimos para construção, voltados para quem precisa construir ou aumentar a estrutura física do negócio, como um salão, restaurante ou loja, por exemplo.

Com o intuito de auxiliar no desenvolvimento do negócio, há opções para financiar imóveis já construídos, novos e antigos, ainda na planta, e até terrenos para empreendedores.

O que eu posso fazer com um empréstimo de construção?

Os empréstimos para construção estão disponíveis no mercado para auxiliar empresários e pessoas físicas a realizarem a construção de imóveis com fins pessoais, comerciais e empresariais. Dessa forma, é possível comprar materiais de construção e demais itens para a estrutura física do local, terrenos, imóveis na planta e reformas.

As opções de mercado disponibilizam valores para que o financiamento desses imóveis seja feito de maneira segura, de acordo com as possibilidades financeiras e dentro dos objetivos de quem contrata, como a finalidade do imóvel, prazo para construção, local escolhido e estrutura necessária.

Quais as opções de empréstimo de construção no mercado?

Construcard

Linha de crédito da Caixa Econômica Federal, o Construcard veio em formato de cartão de crédito para compras de materiais de construção e outros artigos necessários para a estrutura do imóvel em lojas conveniadas.

O cliente tem de dois a seis meses para utilizar o cartão e, nesse período, paga apenas os juros dos valores utilizados. Após isso, o pagamento total deve ser feito em até 240 meses, com pagamentos mensais descontados diretamente da conta-corrente.

Quem é MEI também tem acesso a essa linha de crédito. Para isso, é preciso ter uma Conta MEI na Caixa e não ter débitos com a Receita Federal.

BNDES Microcrédito – Empreendedor

Destinado a microempreendedores formais e informais, o BNDES disponibiliza empréstimos de até R$ 20 mil com, no máximo, 4% de juros ao mês. Para estar apto ao recebimento da linha de crédito, é preciso comprovar a capacidade de pagamento dos valores, estar em dia com as obrigações fiscais, tributárias e sociais, cumprir a legislação ambiental, entre outros itens.

Entretanto, as empresas que estiverem em recuperação judicial, processo de falência ou concordata, não estarão aptas ao pedido de crédito, mesmo que esteja de acordo com os itens anteriores.

Para solicitar, é possível entrar em contato diretamente com o BNDES ou através de instituições financeiras credenciadas.

Capital Empreendedor

Esse modelo é um pouco diferente dos empréstimos. O empreendedor dispõe de uma parte societária da empresa em troca de aporte financeiro de um investidor. Com isso, a empresa tem a verba suficiente para se desenvolver, mas abre mão de uma pequena parte da sua propriedade.

O valor recebido pode ser usado na expansão da estrutura das empresas e, consequentemente, na ampliação do negócio.

O Sebrae possui materiais de apoio para ajudar os empresários que possuem interesse no Capital Empreendedor a ter as orientações corretas para receber esse aporte.

BB Crédito Empresa

Mais uma possibilidade de empréstimo de construção é o BB Crédito Empresa. Com ele, é possível financiar material de construção com até três meses para começar a pagar, com prazo máximo de 60 meses.

Para isso, a empresa não pode ultrapassar R$ 90 milhões de faturamento por ano e, necessariamente, deve ser ter seu cadastro de crédito aprovado.

O que é preciso para fazer um empréstimo para construção?

Cada instituição bancária possui os seus requisitos para contratação de um empréstimo para construção, mas alguns deles são comuns entre todos os bancos:

  • Ser maior de 18 anos;
  • Apresentar documentos, como CPF ou CNPJ, RG, Comprovante de Endereço e Comprovante de Renda;
  • Possuir conta-corrente na instituição que contratou o empréstimo;
  • Ser aprovado nas avaliações de risco.

O que saber antes de solicitar?

É importante saber que não há um padrão de taxas de juros, prazos e valores mínimos e máximos, sendo assim, cada instituição bancária define suas especificações para o empréstimo para construção.

Por isso, é importante solicitar propostas de, pelo menos, três instituições, para que se possa avaliar todos os quesitos necessários, como a Taxa Efetiva, que é a taxa que considera o tempo do contrato e os juros nominais.

Se ainda tem dúvidas sobre qual empréstimo contratar, acesse nosso comparador de empréstimos e encontre o que mais se encaixa em seu perfil. Você encontrará opções com ou sem garantia, além de empréstimos para negativados.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!