Empréstimo para negativado autônomo é uma boa solução?

Por Redação Azulis

Estar com o nome sujo não impede você de conseguir crédito. Conheça as regras do empréstimo para negativado autônomo.

Conseguir empréstimo para negativado autônomo pode ser um tanto desafiador, justamente em razão de ser essa uma condição desfavorável.

Ainda assim, dependendo do caso, existe a real possibilidade de obter crédito, mesmo que o nome esteja sujo e que não haja meios mais sólidos de se comprovar renda. 

Nesse caso, é preciso considerar que só a condição de autônomo, por si só, já traz algumas dificuldades no sentido de apresentar garantias bancárias para um empréstimo. 

Como fazer quando, somado a isso, ainda há uma negativação do nome?

É o que vamos descobrir nos próximos tópicos. Por isso, acompanhe com atenção se você é um trabalhador independente e precisa de crédito.

Boa leitura!

Empréstimo para negativado autônomo: o que é

Tocar o próprio negócio consome tempo e, claro, recursos. 

Como toda empresa, um empreendimento autônomo exige investimentos para começar e, com o tempo, se manter de pé.

O empréstimo para negativado autônomo, nesse aspecto, é uma possibilidade de financiar as operações ou para conseguir uma injeção de capital extra caso a ideia seja expandir. 

Também é uma opção em caso de urgências.

Trata-se de uma modalidade de crédito igual às outras no que diz respeito ao processo que vai da solicitação até o depósito do dinheiro em conta.

Ou seja, ele funciona igual ao crédito com garantia e consignado, pelo menos nas etapas preliminares.

Contudo, ele recebe esse nome não por acaso. É nesse aspecto que ele se diferencia dos demais, já que é específico para quem trabalha sozinho e está com o nome sujo.

Por isso, existem regras e condições que, em outras linhas, não são praticadas.

É o que conheceremos no próximo tópico. 

Cansou de empréstimo com altas taxas de juros?

Confira as 5 dicas IMPERDÍVEIS para você diminuir as taxas cobradas nesse material GRÁTIS! Política de Privacidade

Acesse seu E-mail para baixar o conteúdo.

Como funciona o empréstimo para negativado

Embora a principal lei que trata das regras para empréstimo no Brasil seja a de nº 13.172/15, deve-se observar certas condições particulares a respeito do crédito para negativado.

A primeira delas é relativa à forma de pagamento que, para autônomo, naturalmente não pode ser com desconto em folha.

No entanto, continua valendo a limitação da margem de crédito em 30%, ainda que, por lei, ela seja de 35%.

Como agora você já sabe, o funcionamento desse tipo de empréstimo não difere de outros nas etapas que antecedem a liberação do dinheiro.

Veremos isso com mais detalhes mais à frente, quando tratarmos das taxas e demais custos envolvidos.

Por agora, o que você precisa saber é que, para pedir empréstimo sendo autônomo e negativado, é necessário primeiro encontrar um banco ou fintech com uma linha disponível. 

A maioria das empresas que oferecem crédito para negativados que trabalham por conta própria abre a possibilidade de pedidos pela internet. 

Escolhida a instituição financeira, basta solicitar o valor desejado online, enviar os documentos e dados exigidos e esperar pela avaliação do banco.

Se ela for negativa, então, você precisará se ajustar ao que a instituição solicitar. 

Pode ser um score mais alto ou talvez uma composição de renda maior, por exemplo.

Em último caso, nada o impede de buscar por crédito em outra empresa, afinal, há uma oferta relativamente variada no mercado.

Como conseguir esse tipo de crédito

Tendo em vista a condição especial de um autônomo negativado, é necessário selecionar bem o banco onde se vai pedir empréstimo.

Por isso, a pesquisa tem que ser ainda mais criteriosa do que se fosse um pedido de crédito com garantia ou para quem tem nome limpo.

A maneira mais direta de se encontrar o banco e pedir empréstimo é a boa e velha pesquisa no web.

No entanto, essa é uma opção mais trabalhosa e que pode não revelar a melhor alternativa.

Que tal se, nesse momento, você tivesse uma solução pensada justamente para facilitar a vida de quem é negativado e está procurando crédito na praça?

Pois esse é o objetivo da plataforma da Azulis: ser uma referência para quem precisa de dinheiro mas está sem tanto crédito no mercado.

Use-a e encontre a melhor opção em empréstimo para negativado autônomo sempre que precisar.

Cansou de empréstimo com altas taxas de juros?

Confira as 5 dicas IMPERDÍVEIS para você diminuir as taxas cobradas nesse material GRÁTIS! Política de Privacidade

Acesse seu E-mail para baixar o conteúdo.

Taxas no empréstimo para negativado autônomo

Chegou a hora de falar na parte menos interessante no crédito para negativado, as taxas e custos.

Você sabe que, na hora de emprestar, todo banco pede garantias de que o cliente poderá honrar todos os pagamentos, certo?

Quando se está negativado e não se conta com meios mais consistentes de comprovação de renda, essas garantias, por parte do cliente, são bem menos confiáveis.

Por isso, o empréstimo para negativado normalmente impõe juros e taxas acima da média do crédito com garantia e para clientes “normais”.

No caso das fintechs e bancos digitais listados na Azulis, essas taxas variam entre 12,9% e 15,8% ao mês.

Sendo assim, faça as contas: em alguns casos, você acaba pagando mais que o dobro do valor que tomou emprestado.

Empréstimo para negativado autônomo vale a pena?

Esperamos que tenha ficado claro para você o que está envolvido quando se pede empréstimo para negativado autônomo. 

Se parecer que vale a pena, então, vá em frente, sem deixar de cuidar do planejamento e do orçamento.

Não esqueça também de se manter bem informado, afinal, educação financeira nunca é demais.

Para isso, continue ligado nos artigos do blog Vida de Dono, da Azulis, e fique por dentro de dicas e de histórias inspiradoras de empreendedores como você.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!