SCR: o que é o Sistema de Informações de Crédito do Banco Central

Por Redação Azulis

O SCR cruza informações de todas as instituições financeiras do Brasil. Saiba como esse sistema impacta no seu crédito.

SCR

Você está buscando uma linha de crédito para sua empresa e quer entender melhor como os bancos “conversam” entre si? Então preste atenção nesta sigla: SCR, o Sistema de Informações de Crédito do Banco Central.

Diferentemente do SPC (Serviço de Proteção ao Crédito) e do Serasa (Centralização de Serviços dos Bancos), o SCR é um serviço do Banco Central, um sistema no qual todas as informações bancárias de pessoas físicas e jurídicas estão armazenadas.

O que é SCR

O Sistema de Informações de Crédito do Banco Central reúne dados de todos os bancos brasileiros. Toda pessoa (física ou jurídica) que for realizar algum procedimento bancário, como a abertura de conta corrente ou um financiamento, precisa assinar um papel autorizando o banco a repassar esses dados ao SCR.

Da mesma forma, o banco analisa sua situação dentro desse sistema para decidir liberar ou não um empréstimo ou outro serviço. Lembrando que pelo SCR visualiza-se a situação de todas as operações existentes, estejam elas em atraso ou não.

Como o SCR influencia a concessão de crédito

De acordo com as informações do SCR, os bancos conseguem saber o quanto você possui de renda e o quanto dela está comprometida com empréstimos, financiamentos, dívidas de cartão de crédito etc.

Assim, essas instituições conseguem avaliar o quanto a pessoa ou a empresa está propensa a realizar os pagamentos em dia. Conforme a análise de cada banco, pode-se aceitar ou negar um serviço.

Por exemplo, se a instituição nota que você recebe R$ 5.000,00 por mês em rendimentos, e tem comprometidos R$ 2.000,000 em empréstimos diversos, pode negar crédito a você por entender que uma grande parte de sua renda já está comprometida e que você poderá não realizar os pagamentos em dia.

SAIBA+AZULIS: Existe empréstimo pessoal sem consulta? 

Consulta ao SCR: Perguntas e respostas

Quem pode consultar o SCR?

Bancos e instituições financeiras têm acesso livre ao SCR, além de pessoas físicas e jurídicas. Não entram nesse caso lojas e outras organizações.

É preciso autorizar esse acesso?

É preciso autorizar o envio das suas informações ao SCR, o que os bancos fazem por meio de um papel que você assina ao contratar qualquer serviço. Isso se dá em respeito à Lei do Sigilo Bancário. O cliente pode requerer não autorizar a consulta, mas dificilmente obterá crédito de bancos caso faça essa opção.

Como uma pessoa física ou jurídica tem acesso aos seus dados?

Para ter acesso aos seus dados, é preciso se cadastrar no Sisbacen.

Essa consulta pode ser feita por telefone?

Não. Apenas pela internet, presencialmente (em qualquer central de atendimento do Banco Central, munido de documentos físicos ou jurídicos) ou por correspondência, também mediante o envio da documentação necessária.

Se eu tenho dívida em um banco, outro banco pode me negar crédito?

Sim, é para isso que o SCR funciona, podendo negar crédito se a pessoa já possui muitas dívidas ou compromissos com outros bancos.

Como contestar as informações do SCR

Se você observar uma inexatidão de seus dados no SCR, há três possibilidades de contestar:

  1. Entrar em contato com a instituição responsável pela informação para que a corrija.
  2. Se não houver acordo, registrar uma reclamação na Central de Atendimento ao Público do Banco Central.
  3. Questionar a instituição financeira na esfera judicial.

Diferenças entre SCR, SPC e Serasa

O SPC é uma organização não-governamental vinculada à CDL — Câmara de Diretores Lojistas — e a Serasa Experian é uma empresa privada. O objetivo das duas organizações é indicar a parceiros pessoas com o nome sujo no mercado, ou seja, que deixaram de pagar dívidas. O SPC tem mais informações de pessoas negativadas pelo comércio e o Serasa de instituições financeiras, embora ambas atuem com todas essas empresas.

SAIBA+AZULIS: CNPJ negativado: é possível conseguir um empréstimo?

Já o SCR é um sistema próprio do Banco Central, e não apenas indica os negativados, mas todas as transações financeiras de uma pessoa ou empresa junto aos bancos (como detalhado anteriormente no texto).

Ficou claro o que é o SCR e como ele interfere para que você e a sua empresa conquistem (ou não) crédito? Se quiser saber mais sobre assuntos relacionados às finanças de sua empresa, acesse o site da Azulis.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!