SIMEI Boleto: saiba como emitir a cobrança do DAS e onde pagar

Por Redação Azulis

Se você não sabe como emitir o seu boleto SIMEI, descubra aqui! Conheça também as formas de pagar o DAS e o que fazer para realizar os pagamentos em atraso.

Um bom empreendedor precisa estar sempre em dia com os processos e as contas para o funcionamento da empresa, certo? Quem é MEI, por exemplo, precisa pagar mensalmente um valor para obter direitos e benefícios. Este valor é pago por meio do boleto SIMEI.

Em 2019, o programa MEI completou 10 anos desde que entrou em vigência. No entanto, de acordo com a Receita Federal, 54% dos empreendedores estão em inadimplência, ou seja, não estão em dia com suas contribuições. 

Diante disto, vale sempre ressaltar que o descumprimento do pagamento mensal do DAS pode gerar problemas para o empresário, além de multas. Por isso, descubra todos os jeitos fáceis de emitir o seu boleto SIMEI. 

Leia o texto para conferir também os meios de pagá-lo sem precisar sair de casa!

Boleto SIMEI: como emitir a cobrança?

Existem duas formas de emitir o boleto SIMEI sem precisar sair de casa: por meio do seu navegador de internet, acessando o site do Programa Gerador de DAS do Microempreendedor Individual, e pelo aplicativo PGMEI. 

Confira o passo a passo de cada uma dessas opções!

Para emitir o seu boleto SIMEI pela internet:

  • acesse o Portal do Empreendedor;
  • vá até a opção de “Já sou” e clique em “Serviços”;
  • todos os serviços disponíveis aparecerão, então selecione “Pague sua contribuição mensal”;
  • depois disto, outras opções serão mostradas e você deverá clicar em “Boleto de pagamento”;
  • uma página será aberta para que você preencha com seu CNPJ e digite os caracteres da imagem que aparecerá;
  • após entrar com seu CNPJ, clique em “Emitir Guia de Pagamento (DAS)”;
  • então, basta selecionar o ano-calendário vigente e dar “Ok”;
  • feito isto, uma listagem completa do ano aparecerá, juntamente com os meses quitados e os meses a vencer, bastando que você marque a caixinha do mês que deseja pagar (pode selecionar mais de um também) e depois clique em “Apurar/Gerar DAS”;
  • por fim, vá em “Imprimir/Visualizar PDF” para baixar seu boleto.

Para emitir o seu boleto SIMEI pelo aplicativo:

  • baixe o aplicativo PGMEI na Play Store (para smartphones Android) ou na Apple Store (para smartphones IOS);
  • logo na opção inicial, é preciso informar seu CNPJ;
  • seguindo, selecione a opção “Emitir DAS”;
  • após isto, o calendário com todos os meses irá aparecer (quitados em verde e devedores em vermelho), então clique no mês correspondente ao pagamento que quer realizar;
  • o guia de pagamento será mostrado, com valor e data de vencimento; então clique em “Exibir DAS” para baixar o boleto em PDF.

Onde pagar?

Há três formas de pagamento do boleto SIMEI que o próprio site do Portal do Empreendedor disponibiliza: débito automático, pagamento on-line e boleto de pagamento. 

Confira como pagar por cada um desses meios!

Débito automático

É possível optar por realizar o pagamento mensal do boleto por meio de débito automático. Este é um processo que auxilia o empreendedor a não deixar de quitar as mensalidades obrigatórias, pois o pagamento é feito automaticamente.

Para isso, basta que o MEI tenha conta corrente em um dos bancos elencados abaixo:

  • 001 – Banco do Brasil S/A
  • 003 – Banco da Amazônia S/A
  • 004 – Banco do Nordeste do Brasil S/A
  • 021 – Banco Banestes S/A
  • 033 – Banco Santander (Brasil) S/A
  • 041 – Banco do Estado do Rio Grande do Sul S/A
  • 070 – Banco de Brasília S/A
  • 104 – Caixa Econômica Federal
  • 237 – Banco Bradesco S/A
  • 389 – Banco Mercantil do Brasil S/A
  • 748 – Banco Cooperativo Sicredi S/A
  • 756 – Banco Cooperativo do Brasil S/A

Então, caso seja de seu interesse habilitar essa opção, acesse aqui e clique na chave de acesso. Após isto, será necessário preencher com o CNPJ, o CPF e o código de acesso. Se você não tiver o código de acesso, clique aqui  e preencha conforme solicitado.

Pagamento on-line

O pagamento on-line é outra forma permitida pelo Portal do Empreendedor. Nesse caso, porém, há duas exigências: ser cliente do Banco do Brasil e ter acesso ao internet banking do banco.

Portanto, se for o seu caso e desejar realizar o pagamento por esse meio, faça o seguinte:

  • acesse o Portal do Empreendedor;
  • clique em “Serviços” na opção de “Já sou”;
  • depois, selecione “Pague sua contribuição mensal”;
  • agora, clique em “Pagamento on-line”; 
  • entre com seu CNPJ e digite os caracteres da imagem;
  • após isto, vá em “Emitir guia de Pagamento DAS” e selecione o ano;
  • então, basta marcar a caixinha do mês correspondente e clicar em “Pagar Online”;
  • outra página será aberta, na qual você deverá selecionar o Banco do Brasil;
  • dessa forma, a transação será feita logo que você selecionar a opção de pagamento “Débito em conta” ou “Débito na conta da sua empresa”.

Boleto de pagamento

A opção de pagar via boleto de pagamento é a forma tradicional de quitar a mensalidade. O MEI deve, mensalmente, acessar o Portal do Empreendedor (como explicamos acima) e emitir a guia de pagamento. 

Desse modo, o boleto SIMEI em PDF poderá ser impresso e pago nos bancos conveniados, nas casas lotéricas e nas agências dos correios.

Se você ainda tem dúvidas sobre como pagar tanto o seu boleto SIMEI quanto qualquer outra fatura, confira este vídeo que fizemos para ajudá-lo a pagar boletos de três formas fáceis:

Atraso no pagamento do boleto SIMEI

Para quem atrasou o pagamento do boleto, é necessário que um novo seja emitido, ou seja, não é possível utilizar a mesma guia de recolhimento. 

Após o vencimento do boleto SIMEI, há multa de 0,33% a cada dia de atraso, podendo chegar a um limite de 20%. 

Os juros, por sua vez, são calculados a partir do próximo mês até a consolidação do mês anterior ao do pagamento. Desse modo, será de 1% relativo ao mês em que o pagamento for feito.

Para emitir o boleto SIMEI em atraso, o MEI deve acessar o Portal do Empreendedor e seguir as mesmas orientações já descritas, escolhendo a opção de emitir guia de pagamento.

Desta vez, no entanto, o calendário também mostrará os meses que estão em débito, de modo que o MEI deve clicar no mês devedor para gerar o boleto.

Vale ressaltar que o novo boleto já é gerado com a multa por atraso e os juros calculados.

Descobriu tudo sobre como emitir seu boleto SIMEI mas ainda procura uma forma mais fácil de pagá-lo? Então pague em uma conta digital! 

A Azulis traz para você as melhores opções de conta digital para ajudar o seu negócio. Conheça agora mesmo!

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!