Tabela Price: como funciona e calcular parcelas

Por Redação Azulis

A Tabela Price é um dos métodos para calcular o valor das parcelas de um financiamento. Entenda como funciona.

tabela price

Você conhece a mecânica por trás da Tabela Price, como funciona e como usar? 

Ela consiste em um método para cálculo de financiamentos em curto prazo (12 parcelas, por exemplo), criado pelo filósofo e matemático inglês Richard Price no século XVIII. 

No entanto, por ter sido primeiramente aplicada dessa forma na França, passou a ser conhecida como Sistema Francês de Amortização.

Embora sua legalidade já tenha sido questionada, em razão de o Decreto Lei n. 22.626/33 proibir os juros compostos, a Tabela Price é bastante usada como instrumento de cálculo por instituições financeiras.

Vamos conhecer melhor a lógica que rege essa ferramenta?

Quer contratar um empréstimo seguro?

Conheça tudo sobre crédito online URGENTE e saiba como solicitar. Política de Privacidade

Acesse seu E-mail para baixar o conteúdo.

O que é Tabela Price?

Tabela Price é o sistema pelo qual as parcelas pagas em um contrato de financiamento são iguais ao longo do tempo. 

No entanto, para se chegar a esse valor único atribuído a cada prestação, existe uma série de cálculos que precisam ser feitos cuidadosamente.

Em termos financeiros, não se pode trabalhar com valores monetários sem realizar a devida correção no sentido de garantir o retorno. No caso, o mecanismo corretivo na Tabela Price passa a ser a taxa de juros aplicada ao saldo devedor.

Como veremos mais à frente, é em cima desse saldo que se chega ao valor a ser  amortizado naquele mês. 

Ou seja, para entender como funciona a Tabela Price, basta observar que cada parcela paga representa a soma de juros + amortização.

É interessante destacar que ela surgiu em virtude da solicitação de uma seguradora inglesa, no distante ano de 1769, para calcular os valores dos prêmios pagos. 

Foi então que Richard Price elaborou o método que leva o seu nome, posteriormente incorporado pelos franceses e, a partir disso, por instituições financeiras em todo o mundo.

Como funciona a Tabela Price

Vamos entender em detalhes como funciona a da Tabela Price?

A sua base de cálculo é o valor fixo das parcelas definido inicialmente. 

Será a partir dele que os juros serão calculados em uma escala decrescente, já que cada parcela paga deixa um saldo devedor. E é sobre esse saldo que incidem os juros.

Cabe ressaltar, ainda, que existem duas modalidades alternativas de Tabela: a Price para carência e a da carência somada a juros. 

Basicamente, na primeira, só se paga o valor dos juros ao longo de um certo período (carência), enquanto na segunda, incidem juros sobre juros

Por exemplo: se o valor financiado é de R$ 10 mil e os juros são de 4% com 5 meses de carência, na Tabela Price, as cinco primeiras prestações serão de R$ 400,00. A partir da sexta parcela, aplica-se o sistema normalmente, como veremos adiante.

Essa é a forma de garantir que se paguem prestações idênticas sem prejuízo para a instituição financeira com máxima correção. Afinal, dinheiro é um ativo que perde valor com o tempo, por menores que sejam as taxas de inflação.

Não por acaso, a Tabela Price é confundida com uma outra tabela muito comum em financiamentos, principalmente imobiliários, a SAC.

Tabela Price x Tabela SAC

A diferença principal entre as Tabelas Price e SAC é que primeira, como vimos, se aplica mais a financiamentos de curto prazo. Já o Sistema de Amortização Constante é utilizado em contratos mais longos.

A vantagem da Tabela SAC é que ela permite a redução do valor pago por mês, já que o total a ser amortizado diminui conforme as parcelas são pagas. 

Essa relação se inverte no Sistema Francês de Amortização, já que ele começa com um valor pequeno a ser amortizado, o qual aumenta ao longo do tempo. 

É por isso que ele costuma ser usado em períodos mais curtos, já que onera menos a financeira e, ao mesmo tempo, dá uma certa previsibilidade para a pessoa que faz os pagamentos.

Exemplos de cálculo da Tabela Price

Depois de entender como funciona a Tabela Price, só resta entender como chegar ao valor das parcelas.

Embora isso não seja tão difícil, é preciso ser metódico para assimilar corretamente a forma de calcular. 

Nada que assuste: basta apenas prestar atenção aos valores lançados e à aplicação das fórmulas necessárias.

Vamos ver como funciona em dois exemplos?

Financiamento no valor de R$ 8 mil

Neste primeiro exemplo, trazemos o financiamento de um bem no valor de R$ 8 mil em 12 prestações fixas e juros de 2%.

Primeiramente, temos que chegar ao valor fixo de referência para as demais parcelas. Para isso, aplica-se a fórmula:

  • Parcela = (8000*2)/(1-(1/(1+2)12 = R$ 756,48.

Sendo assim, nossa Tabela Price fica da seguinte forma:

Mês

Prestação

Saldo Devedor

Amortização

Juros

0

R$ 8.000,00

1

R$ 596,48

R$ 160,00

R$ 7.403,52

2

R$ 608,41

R$ 148,07

R$ 6.795,12

3

R$ 620,57

R$ 135,90

R$ 6.174,54

4

R$ 632,99

R$ 123,49

R$ 5.541,56

5

R$ 645,65

R$ 110,83

R$ 4.895,91

6

R$ 658,56

R$ 97,92

R$ 4.237,35

7

R$ 671,73

R$ 84,75

R$ 3.565,62

8

R$ 685,16

R$ 71,31

R$ 2.880,46

9

R$ 698,87

R$ 57,61

R$ 2.181,59

10

R$ 712,84

R$ 43,63

R$ 1.468,75

11

R$ 727,10

R$ 29,37

R$ 741,64

12

R$ 741,64

R$ 14,83

R$ 0,00

Financiamento no valor de R$ 5 mil

Agora, o financiamento tem o valor de R$ 5 mil, pago em 12 parcelas a 3,5% de juros.

  • Parcela = (5000*3,5)/(1-(1/(1+2)12 = R$ 517,42.

Veja como fica a Tabela Price:

Mês

Prestação

Saldo Devedor

Amortização

Juros

0

R$ 5.000,00

1

R$ 342,42

R$ 175,00

R$ 4.657,58

2

R$ 354,40

R$ 163,02

R$ 4.303,18

3

R$ 366,81

R$ 150,61

R$ 3.936,37

4

R$ 379,65

R$ 137,77

R$ 3.556,72

5

R$ 392,93

R$ 124,49

R$ 3.163,79

6

R$ 406,69

R$ 110,73

R$ 2.757,10

7

R$ 420,92

R$ 96,50

R$ 2.336,18

8

R$ 435,65

R$ 81,77

R$ 1.900,52

9

R$ 450,90

R$ 66,52

R$ 1.449,62

10

R$ 466,68

R$ 50,74

R$ 982,94

11

R$ 483,02

R$ 34,40

R$ 499,92

12

R$ 499,92

R$ 17,50

R$ 0,00

Então, ficou claro para você como funciona a Tabela Price

Veja que, a cada parcela, os juros são calculados sobre o saldo devedor, por isso eles diminuem com o tempo. 

Na Azulis, é assim: a gente descomplica informação financeira para você fazer seu dinheiro render mais. Conte com a gente para descobrir quais são os melhores produtos e serviços para o seu negócio. 

Quer contratar um empréstimo seguro?

Histórias inspiradoras e dicas atualizadas para o seu negócio! Política de Privacidade

Acesse seu E-mail para baixar o conteúdo.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!