3 dicas do maior vendedor do Brasil

Por Redação Azulis

João Appolinário, fundador e CEO da Polishop, fala sobre oportunidades, atendimento ao cliente e vendas pela internet

Polishop

Se você zapeou os canais de TV hoje, provavelmente se deparou com um anúncio da Polishop. Passar pela propaganda da rede varejista multimarca, criada em 1999 por João Appolinário, não é coincidência. Ela ocupa 140 horas diárias de programação. Além das propagandas, a rede detém mais de 140 lojas físicas, com cerca de 3,5 mil funcionários. Embora não revele números da operação, estima-se que a Polishop fature cerca de R$ 1,5 bilhão ao ano.

shark_tank_2018_appolinário_reprodução
(reprodução Sony)

O sucesso da Polishop está diretamente ligado ao empresário Appolinário (foto à dir.), que há muitos anos decidiu investir nas suas próprias ideias. Atualmente, além dos próprios negócios, ele participa do programa Shark Tank Brasil, uma produção do canal Sony que promove o encontro entre empreededores e investidores.

Appolinário conversou com o NeoFeed sobre negócios. Nós, da Azulis, separamos, três dicas do empreendedor para você aplicar na sua empresa.

CRISE E OPORTUNIDADE

O varejo sempre está na ponta. Sente a piora e a melhora da economia antes de todos. Sentimos que as coisas estão melhorando, a confiança está voltando. O importante, em todos esses anos de crise, é buscar as oportunidades.

AUTOATENDIMENTO VALE A PENA?

Se você não tem ninguém para atender e demonstrar o produto, você compra na internet, compra da sua casa. As empresas que estão apostando no autoatendimento estão tendo problemas.

DIFERENÇAS ENTRE OMNICHANNEL E MULTICANAL

No omnichannel, todos os canais são equalizados. As mesmas ofertas, o mesmo preço, o mesmo produto, o mesmo tudo. No multicanal, não. O e-commerce tomou um caminho errado no mundo, o caminho do desconto, da destruição de valor. O e-commerce é comodidade, é praticidade, esse é o serviço para ele prestar. Só isso. Eu conheci uma loja da Polishop, vi os produtos, cheguei na minha casa e comprei os produtos pelo e-commerce. Não porque é mais barato, mas porque é mais prático.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!