3 passos super fáceis para precificar seu produto

Por Redação Azulis

como-precificar-produtos

Uma das maiores dificuldades de empreendedores é na hora de por preços nos próprios produtos. Por exemplo, se você é um padeiro e o preço do seu pão for lá em cima, ninguém vai comprar, mas se for lá para baixo, terá um prejuízo muito grande e é capaz que seja obrigado a fechar as portas da sua padaria.

Para evitar esses problemas, a Azulis reuniu três passos para ajudar você a precificar seus produtos de forma simples e correta.

1º Faça uma lista com seus concorrentes

Escreva o nome de pelo menos três concorrentes e o preço do produto deles que compete diretamente com o seu. Nessa lista é importante entender quais produtos são melhores ou piores que o seu, por isso, se você não sabe quais são, pesquise!

SAIBA+AZULIS: 9 dicas para lidar com a crise e vender mais

2º Organize uma tabela e dê uma nota para eles

Nesse passo, você deve montar uma tabela com o nome da loja, o preço do produto dela relativo a uma mesma quantidade comum (se é unidade deve ser o mesmo preço por unidade, se for peso, deve ser o mesmo preço/peso escolhido) e a nota de 0 a 10 que você dá para ele. Para distribuir a nota, seja crítico e tenha bom senso: leve em consideração a qualidade do produto, se ele é inovador e por aí vai.

Confira como deve ficar sua tabela:

Nome loja

Preço do produto

Nota

Padaria A

R$ 45

9

Padaria B

R$ 40

8

Padaria C

R$ 30

6

Padaria D

R$ 20

5

 

3º Calcule quanto custa o seu produto

Para fazer isso, liste todos os ingredientes de uma receita, calcule o preço total dela e divida pela quantidade de unidades que ela rende. Se for por peso, por exemplo, é só pegar o custo total, dividir pelo peso total da receita.

Mas atenção: Se você faz um pão para vender, deve calcular o preço de cada ingrediente proporcional a quanto vai na receita. Ou seja, se a caixa de meia dúzia de ovos custa seis reais, cada ovo que vai na receita é um real. Lembre-se: todos os ingredientes importam!

Nessa conta, também é importante levar em consideração o trabalho que você tem para fazê-lo. Para ajudar, aqui vai uma dica: calcule o custo de cada pessoa envolvida proporcional ao tempo que cada uma gasta para preparar o pão.

Uma vez calculado o custo do seu pão, é hora de compará-lo com a média de preço entre os seus concorrentes com as melhores e piores notas.

Seguindo o nosso exemplo, se eu elaboro uma tabela com os pães de padarias concorrentes, ela fica assim:

 

Nome loja

Preço do produto

Nota

Padaria A

R$ 4,00

9

Padaria B

R$ 3,50

8

Padaria C

R$ 2,00

6

Padaria D

R$ 1,50

5

 

Nessa escala, o seu pão pode ser uma nota sete: ele é gostoso, mas a sua aparência não é tão bonita quanto a dos concorrentes.

Já para calcular o custo de cada um, é preciso somar o valor dos ingredientes, que dá R$ 1,00, com o tempo de preparo, que é simples e rende várias unidades, o que resulta em uns R$ 1,50 por pão.

Dessa forma, um preço de R$ 3,00 por pão é uma boa opção: há lucro e o valor está condizente com a escala de qualidade e preço dos concorrentes.

 

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!