7 hábitos de Rick Prospera: de vendedor de água a palestrante em Harvard

Por Fernanda Santos

Até março de 2018, ele ainda vendia água na praia. Hoje, tem um canal no Youtube, um livro publicado, dá palestras e foi contar sua história em Harvard

Mas atrás de toda história de sucesso, existem hábitos que ajudam na jornada. Conversamos com o empreendedor para saber do que ele não abre mão

rick-prospera-dicas

A história de vida do empreendedor Rick Chesther, hoje conhecido como Rick Prospera, é dessas que emocionam, inspiram e ensinam. Ele publicou um livro chamado “Pega a Visão” (208 páginas, Buzz Editora), tem um canal no Youtube com mais de 150 mil inscritos, quase 900 mil seguidores no Instagram (@rick_chesther) dá palestras pelo Brasil todo e recentemente foi convidado para contar sua história na Universidade Harvard, nos Estados Unidos.

Mas o início dessa trajetória foi difícil. O mineiro de Pitangui foi criado no Rio de Janeiro e já fez de um tudo para pagar as contas: foi pedreiro, auxiliar de serviços gerais e faxineiro. A vida de empreendedor começou em 2014, quando ele pediu um crédito de R$ 10 a um amigo para comprar garrafas de águas e vender na praia de Copacabana. Com trabalho duro, resiliência e um bom planejamento, Rick começou a prosperar – por dia, chegava a faturar R$ 200. Foi então que teve a ideia de compartilhar suas técnicas e conhecimentos com outras pessoas por meio de vídeos no Youtube.

As gravações fizeram sucesso. Para se ter uma ideia, o vídeo que chamou a atenção da universidade norte-americana, intitulado “Minuto do Empreendedorismo – Vídeo 01 – A crise está dentro das pessoas”, tem mais de 131 mil visualizações. O canal mudou o rumo profissional de Prospera que, em 2018, deixou o trabalho na praia para se dedicar apenas à vida de palestrante e escritor.

A Azulis conversou com ele para saber quais são seus hábitos de empreendedor de sucesso. Abaixo, 7 dicas valiosas para quem está começando e quer crescer.

1) Acorde cedo

Desde bem novo, o empreendedor aprendeu que é importante acordar cedo para aproveitar o dia. Não importa a hora em que vai dormir – entre 5h30 e 6h já está de pé. “Eu sempre trabalhei muito cedo: por conta própria ou na construção civil. Meu corpo já se acostumou”, diz Rick Prospera.

Por conta das inúmeras palestras, sessões de autógrafo e viagens, não é raro Prospera dormir pouco. Quando é assim, ele se programa para terminar os compromissos mais cedo no dia seguinte e descansar. “O sono é importante, o descanso do corpo é importante. Às vezes eu troco os horários para me adaptar”, afirma.

2) Organize seu dia

Planejar as atividades e tarefas diárias é fundamental, afirma o empreendedor. Sem organização, é provável que você se perca e acabe gastando tempo demais ocioso – ou dando mais atenção do que deve a alguns assuntos. Também é possível que você deixe compromissos importantes de lado. “Eu penso que a organização vai de encontro ao sucesso. Meu dia é todo programado”, afirma Rick Prospera, que hoje conta com a ajuda da editora Buzz para o planejamento dos compromissos.

Ele deixa claro, entretanto, que quando aparece algum imprevisto no dia, dá um jeito de resolver.

“Os problemas podem pintar a qualquer momento e você precisa estar pronto para lidar com eles. É daí que vem sua habilidade com situações adversas”, diz Prospera.

SAIBA+AZULIS: 6 dificuldades que todo empreendedor tem – e como lidar com elas

3) Se preciso, trabalhe aos finais de semana

Rick Prospera costuma trabalhar muito e até tarde. Como a maioria dos eventos dos quais participa como palestrante ou escritor acontecem aos sábados e domingos, ele não consegue tirar esses dias para descansar.

“Eu não vejo problema algum. Quando eu vendia água na praia, o maior fluxo de pessoas era aos finais de semana. Enquanto tinha gente, eu estava lá”, diz o autor do livro Pega a Visão.

Para ele, a vida se aproxima da agricultura, com períodos de plantio, cultivo e colheita. No começo da jornada de empreendedor, que seria o plantio, é preciso estar preparado para trabalhar duro. “No período de plantio, é preciso pagar o preço de trabalhar bastante para um dia colher mais. Isso inclui trabalhar aos finais de semana”, afirma.

SAIBA+AZULIS: 10 mitos e verdades sobre abrir o próprio negócio

4) Veja o trabalho como lazer

O empreendedor diz que ama tanto o que faz que enxerga como lazer. Isso facilita muito nas tarefas diárias e ajuda a aliviar o cansaço. Mas ele também tira um tempo para descansar e ficar perto da família – que faz questão de incluir e manter na sua programação, mesmo que corrida.

“Eu amo conversar com pessoas, transformar suas vidas e ser útil, para que elas transformem também. Lazer não é só estar na praia tomando banho de sol. No meu caso, trabalhar também é lazer”, diz Prospera.

5) Tenha cuidado com a saúde

Por conta da correria do dia a dia, Rick Prospera faz menos exercícios físicos do que gostaria. Mas acredita ser muito importante cuidar da saúde do corpo, já que se trata do seu instrumento de trabalho. Com um pouco de atenção, é possível evitar problemas mais sérios no futuro. “Inclusive, fazer check-ups é muito importante. Tem gente que não dá atenção a isso e depois paga um preço muito caro”, afirma ele.

6) Invista no seu conhecimento

Estudar, se atualizar e aprender coisas novas faz parte da programação diária de Rick Prospera. Para ele, tempo para o conhecimento é essencial. Por isso, o empreendedor lê diariamente, fala sobre os assuntos que aprende e incentiva as pessoas a seguirem pelo mesmo caminho. 

“A falta de conhecimento é tão prejudicial quanto se alimentar da forma inadequada, ou talvez até pior, já que a própria falta de conhecimento leva a pessoa a comer mal”, diz Prospera, que pouco antes de responder as perguntas da Azulis estava lendo um livro.

SAIBA+AZULIS: Por mais tempo com os filhos, amigas largam suas carreiras e entram na moda de empreender

7) Seja grato

Independentemente de religião, Rick Prospera acredita em Deus e tem como ritual diário agradecer tudo o que tem e conquista diariamente em sua vida. Ele diz que é essa fé que dá forças para continuar, traz paz de espírito e resiliência para lidar com os momentos difíceis. “Acredito em um Deus vivo que está acima de nós. Não me lembro muito de pedir, agradeço mais do que peço. Simples assim”, diz ele.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!