Prestadora de serviços: como montar a sua?

Por Redação Azulis

Quer montar uma empresa prestadora de serviços? Confira passo-a-passo para colocar o seu sonho em prática.

De acordo com o IBGE, o ramo de prestação de serviços vem ganhando destaque nos últimos anos e, inclusive, foi o carro-chefe do Produto Interno Bruto (PIB), sendo responsável por 60% dos ganhos no país . Além disso, também empregou milhares de trabalhadores no Brasil. Para se ter ideia, em 2018, o crescimento no setor foi de 1,3%, segundo o órgão .

Portanto, os números não mentem: com um bom planejamento estratégico e atenção aos procedimentos legais e fiscais, ter uma prestadora de serviços pode trazer benefícios financeiros interessantes para o empreendedor. Além disso, é possível trabalhar em diversos ramos de atuação,  ampliando o leque de opções.

Para descobrir como montar uma prestadora de serviços, confira o artigo abaixo:

O que é uma empresa prestadora de serviços?

A empresa prestadora de serviços é aquela que faz a venda de um trabalho contratado por terceiros. Assim, a prestação de serviço é uma atividade econômica na qual não existe, efetivamente, um produto tangível como resultado. Como regra, este modelo de atuação conta sempre com um prestador, que é aquele que oferece o serviço em si, e um tomador.

Passo-a-passo: Como montar uma empresa prestadora de serviços?

Como citado anteriormente, para montar uma empresa prestadora de serviços, é preciso seguir algumas etapas importantes. Com uma série de formalidades a cumprir, o empreendedor terá grandes chances de ser bem sucedido se ficar atento aos seguintes passos:

1 – Defina seu ramo

Decida em que ramo deseja atuar no mercado e, a partir disso, pesquise seus concorrentes diretos e defina a melhor estratégia para o seu negócio.

2 – Escolha e registre o nome

Após decidir o nicho de sua prestadora de serviço, é hora de escolher o nome do seu negócio. Assim que chegar a algumas opções, faça uma busca na Junta Comercial de seu Estado. Mas vale lembrar que antes dessa etapa, você deve definir qual será a estrutura jurídica da empresa. Os tipos mais comuns são Empresário Individual, Sociedade Simples Limitada ou Sociedade Empresária Limitada.

3 – Escolha um regime tributário

Outro passo importante para abrir uma empresa prestadora de serviços é escolher o seu regime tributário. Isso vai depender do quanto é a previsão de faturamento anual. Até R$ 81 mil, existe a opção de ser MEI. Mais do que isso, pode ser micro ou pequena empresa.

4 – Contrato social

O próximo passo é elaborar o contrato social ou o Requerimento de Empresário, que também deve ser registrado na Junta Comercial.  Nesta etapa, é importante contar com o apoio de um advogado ou uma empresa que elabore documentos legais.

O contrato social vai orientar sobre a razão social da empresa e deve seguir as cláusulas do Novo Código Civil. Essa ação é válida para quando tem sócios na empresa.

5 – CNPJ

O empresário precisa dar entrada no CNPJ da empresa prestadora de serviço por meio do Documento Básico de Entrada (DBE), cujo software está disponível no site da Receita Federal. Nesse momento, é preciso definir e informar a atividade exercida pela empresa.

6 – Legalize o alvará de funcionamento

Toda empresa deve legalizar seu funcionamento junto à Prefeitura do município. Para obtê-lo, é preciso estar com o registro em mãos, bem como o CNPJ e o contrato social e, então, se encaminhar ao órgão. Assim, um novo formulário deve ser preenchido.

Mas dependendo do caso, pode ser preciso apresentar um laudo dos órgãos de vistoria. Com esse passo, você consegue a inscrição municipal e a sua empresa está pronta para funcionar.

7 – Desenvolva o seu plano de negócios

Com a empresa prestadora de serviços criada e legalizada, é hora de desenvolver o seu plano de negócios. Ele é essencial para quem abre qualquer empresa, pois deve constar informações como missão e objetivos, responsáveis e quais os produtos ou serviços oferecidos.

Também é necessário definir o público-alvo, equipe de colaboradores, além do planejamento financeiro, estratégias de marketing, entre outros detalhes.

8 – Avalie as vantagens e desvantagens

A prestação de serviço é um segmento estratégico e amplo no mercado. Assim, é possível garantir um futuro promissor se a empresa focar nas vantagens da terceirização de determinadas atividades. Afinal, nem tudo em uma empresa, particular ou pública, pode ser terceirizado.

Por isso, pesquise e veja as vantagens e facilidades em seguir esse ramo. Também recomenda-se que você analise bem se o perfil da empresa combina com a terceirização.

9 – Faça o planejamento orçamentário e financeiro

Ter planejamento na empresa é garantia de que as coisas estarão sempre no controle, até em momentos de crise. Especialmente quando envolve orçamentos. Por isso, faça um planejamento orçamentário e o plano financeiro para a sua prestadora de serviços. Assim, você consegue enxergar as despesas e também lucros do seu negócio.

Quais são os tipos de empresas prestadoras de serviços?

Com um mercado vasto, veja a seguir exemplos de atividades feitas pelas prestadoras de serviços e que estão em destaque atualmente:

  • Hotéis e pousadas;
  • Agências de viagem e de turismo;
  • Locação de equipamentos em geral;
  • Instituições de ensino (incluindo de idiomas);
  • Serviços de manutenção (exemplo: ar condicionado e equipamentos);
  • Serviços de limpeza;
  • Serviços de segurança (exceto no caso de compra de câmeras de segurança);
  • Empresas seguradoras;
  • Academias;
  • Cinemas;
  • Salões de beleza;
  • Empresas de jardinagem;
  • Consertos em geral.

O que é essencial ter numa empresa prestadora de serviços de sucesso?

Assim como em qualquer outro ramo de atividade, uma empresa prestadora de serviços também precisa trabalhar de forma eficiente para atender os seus clientes da melhor forma. Para isso, é necessário contratar profissionais com experiência e diferenciados, já que eles vão representar a empresa nos estabelecimentos em que trabalharem.

Além disso, é importante investir em capacitação para os funcionários e prezar pela qualidade dos processos, independente do serviço que se ofereça. Isso garante eficiência, qualidade e agilidade no trabalho desenvolvido.

No caso das empresas especializadas em determinados serviços, como no segmento de tecnologia, por exemplo, os funcionários devem ter experiência na área para entregar um serviço  de qualidade e fidelizar o cliente.

Como fazer sua empresa de prestação de serviços dar lucro?

Para que a empresa prestadora de serviços possa dar lucros, é importante seguir alguns procedimentos que ajudam a manter a companhia com o saldo positivo. Então, destacamos a seguir algumas ações fundamentais para aumentar os lucros da empresa:

Controle gastos – Tanto custos fixos quanto os variáveis devem ser controlados. Por isso, sempre os registre em uma planilha de controle de gastos. Economizar é importante para que a empresa possa, futuramente, ter lucros e fazer investimentos.

Calcule – Aprenda a calcular os custos de todos os serviços prestados pela empresa. Assim, fica mais fácil controlar tudo o que sai e entra, evitando prejuízos e gastos desnecessários.

Adeque os gastos – É essencial que todos os gastos sejam adequados para a realidade da empresa, evitando assim que o orçamento tenha destino diferente e desnecessário.

Mantenha a produtividade – Quando se trabalha com prestadora de serviços, também é importante garantir a produtividade para que a empresa mantenha, ou até aumente os lucros.

Reaja – Diante de riscos ou oportunidades, reaja de maneira madura e faça as escolhas importantes para a sua prestadora de serviços. Não arrisque, adote uma estratégia eficiente.

Agora que você já sabe como montar a sua prestadora de serviços, confira nossas dicas para abrir o seu negócio.

Se você pensa em empreender, a Azulis é o lugar certo. Na nossa plataforma, você encontra soluções gratuitas que ajudam a construir o sucesso da sua empresa, como o comparador de maquininhas e o lembrete do DAS MEI.

A Azulis também conta com o Vida de Dono, um portal de conteúdo onde você encontra dicas, conhece histórias inspiradoras e tira dúvidas sobre temas essenciais do mundo do empreendedor.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!