12 dicas para você aprender como identificar uma nota falsa

Por Redação Azulis

A manipulação de cédulas monetárias pode ser algo arriscado, uma vez que pessoas mal intencionadas fazem com que dinheiro falsificado circule no mercado. Descubra aqui como identificar uma nota falsa.

identificar-uma-nota-falsa

Não importa o porte ou mercado de atuação, todos os empreendedores estão sujeitos a serem vítimas de ações maliciosas como o repasse de notas falsificadas. Por esse motivo, é preciso aprender como identificar uma nota falsa. E todo cuidado é pouco!

Saber quais são os principais golpes praticados no mercado e como se proteger deles é essencial para não amargar prejuízos irrecuperáveis.

Neste post trazemos uma forma de proteção do seu negócio contra uma das fraudes mais comuns na atualidade, as cédulas falsificadas. Veja como identificá-las e como proceder.

1. Coloque a nota contra-luz e veja a marca d’agua

Ao colocar a nota contra uma luz, é possível ver, em um tom mais claro, o animal da fauna brasileira homenageado na cédula e o numeral que representa seu valor.

Isso vale tanto para a frente quanto para o verso da cédula.

2. Veja o fio de segurança para saber como identificar nota falsa

Um fio de segurança com o número e o escrito “REAIS” deve estar presente nas cédulas com o valor a partir de R$10,00.

Este pode ser visto com facilidade em um ambiente claro, porém, os detalhes somente conseguirão ser identificados contra a luz.

3. Verifique a textura do papel

A textura do papel utilizado para as cédulas monetárias é mais áspera e resulta de um processo altamente tecnológico e secreto.

Para entender um pouco mais, normalmente a nota é feita de três camadas, no formato sanduíche. No interior, é composta 100% em algodão, e nas extremidades, de pasta de madeira. Assim, essa combinação permite gravar os elementos que a codificam e aumenta sua durabilidade.

Questões como tamanho, gramatura da folha, e outros elementos, também fazem parte do seu processo rigoroso de fabricação. Ou seja, não é simples repeti-lo, e isso pode ser percebido ao comparar uma nota original e outra falsa.

Conheça as MELHORES opções de cartão de crédito!

Confira nosso guia e escolha a melhor opção para você. Política de Privacidade

Acesse seu E-mail para baixar o conteúdo.

4. Perceba o relevo em algumas áreas

Além da textura que as pessoas estão acostumadas a relacionar com cédulas monetárias, alguns detalhes em alto relevo podem ser sentidos.

Assim, se estiver com dúvidas sobre a veracidade ou como identificar uma nota falsa, considere a presença de um relevo diferenciado:

  • na frente da nota, onde se lê REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, nas laterais e nos números indicativos de valor para todas as notas;
  • no verso das notas de 20, 50 e 100, onde se lê BANCO CENTRAL DO BRASIL, no animal e no número indicativo de valor.

Vale salientar, no entanto, que nas notas de 10 e 20, somente os números inferiores esquerdos indicativos de valor estarão em relevo.

5. Verifique se a imagem do quebra-cabeça da frente completa a de trás

No canto superior existe um quebra-cabeça que se completa com elementos dos dois lados ao observar a cédula contra a luz. Juntos, eles formam o número do valor da nota.

6. Coloque a nota na luz negra

Com a ajuda de uma luz negra, é possível identificar alguns elementos da cédula que ficam fluorescentes, como:

  • na frente, o número do valor da nota aparece no canto esquerdo inferior;
  • a numeração de série, acima do quebra-cabeça, fica amarelada;
  • alguns fios lilás ficam visíveis em toda a nota.

7. Confira a faixa holográfica em notas de 50 e 100

Nas notas de 50 e 100 reais, existem elementos holográficos que podem ser observados ao manipular a cédula em forma de onda. Nesse caso, o número do valor e a palavra REAIS se alternam.

Também é possível observar a figura do animal ficando colorida, assim como uma folha na nota de 50, bem como o coral que existe na cédula de 100.

8. Confira se o número muda de cor apenas em notas de 10 e 20

Nas notas de 10 e 20, o efeito colorido é no numeral que representa o valor, no canto direito superior, do lado frontal da cédula.

Ao manipulá-la no sentido horizontal, é possível perceber o faixo de luz acompanhando o movimento. Já no sentido vertical, a mudança de cor do verde brilhante para o azul, é o que chama atenção.

9. Veja as micro impressões com uma lente de aumento nas notas emitidas em 2010

Em notas emitidas em 2010, é possível ver o número do valor da nota escrito em tamanho microscópico em diversas áreas da cédula. Para isso, é claro, é necessário o uso de uma lente de aumento.

10. Procure o número escondido no lado direito da cédula

Em todas as notas é possível observar um número escondido na parte frontal, ao centro da extremidade direita. Para isso, é necessário posicionar a cédula horizontalmente, de forma plana, na altura dos olhos.

Um número escondido também poderá ser identificado nas notas de 50 e 100 em seu verso repetindo a mesma posição próxima aos olhos.

11. Confira a sigla “BC” na lateral esquerda em notas emitidas em 1994

Como dissemos, as notas são feitas para durarem muito tempo e em condições climáticas e de armazenamentos diversas. Dessa maneira, é possível que o empreendedor receba cédulas impressas em 1994 como forma de pagamento.

Para não cair em golpes financeiros direcionados aos empreendedores, é importante observar sinais característicos do lote de emissões desse ano, que fica registrado na parte frontal, logo abaixo do escrito REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL.

Uma dessas características, por exemplo, é a presença da sigla BC no canto esquerdo inferior.

12. Verifique o símbolo das armas nacionais em notas emitidas em 1994

Também faz parte das características deste lote o símbolo das armas nacionais de forma translúcida. Ao colocar a cédula contra a luz, é possível ver a estrela se completando com as imagens dos dois versos da nota.

Conheça as MELHORES opções de cartão de crédito!

Confira nosso guia e escolha a melhor opção para você. Política de Privacidade

Acesse seu E-mail para baixar o conteúdo.

BÔNUS: o que fazer ao receber uma nota falsa?

Com esse conhecimento, as chances de identificar uma nota falsa aumentam consideravelmente e, se o empreendedor tem uma equipe de apoio, é importante orientá-la a fazer as verificações regulares.

Se, em uma dessas conferências, o empreendedor ou alguém de sua equipe identificar a nota falsa, ele deve recusar a forma de pagamento e orientar o comprador a entregar a nota a um banco para que ele possa encaminhar ao Banco Central do Brasil que faz a análise.

Caso a nota seja verdadeira, o valor é restituído ao cidadão. Porém, se ela for falsa, não existe compensação, o que reforça a importância de fazer um controle rígido no recebimento de cédulas.

Também é importante saber que, de acordo com o artigo 289 do Código Penal, a pessoa ou empresa que tentar repassar uma nota falsa depois de tomar conhecimento sobre sua inveracidade, também pode ter sua boa fé contestada e ser condenada a cumprir de 6 meses a 2 anos de detenção.

Ou seja, é muito mais valioso se atentar aos detalhes que asseguram que a cédula monetária é verdadeira, não é mesmo? Por isso, faça um checklist com as principais informações, como as marcas d’água, fio de segurança, relevos e textura. Depois, exercite seu olhar com notas verdadeiras para ser ágil no momento do recebimento e análise.

Você também pode treinar a equipe do seu negócio sobre como identificar nota falsa ou priorizar meios de pagamento mais seguros, como é o caso das maquininhas de cartão de crédito. Sabe qual delas é a ideal para o perfil do seu negócio? Confira neste artigo.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!