Meios de pagamento: quais oferecer ao cliente?

Por Redação Azulis

Os meios de pagamento estão evoluindo rápido, e o dinheiro ainda vai ficar para trás. Veja quais você deve oferecer ao cliente.

meios de pagamento

Segundo dados do Banco Central, em 2009, havia quase 74 mil cartões de crédito ativos no Brasil. Esse número deu um salto para cerca de 99 mil em 2018, um aumento de quase 35% em menos de 10 anos.

Os cartões de débito vêm seguindo o mesmo caminho. Em 2010, pouco mais de 77 mil unidades eram utilizadas pelos brasileiros. Já em 2018, essa quantidade passou para 115 mil, um acréscimo de 50% em somente 8 anos.

Esses números comprovam que o dinheiro de plástico é muito forte entre os consumidores. Por isso, é preciso estar atento aos meios de pagamento que você deve oferecer aos seus clientes, para não perder oportunidades de negócio. Vejamos!

Dinheiro é o principal meio de pagamento do brasil

Apesar de as compras com cartão estarem crescendo a passos largos, o brasileiro ainda tem uma forte relação com o dinheiro impresso. Um levantamento do BC apontou que 29% dos trabalhadores recebem seu salário em espécie.

Esse número é ainda maior quando é preciso escolher como pagar as contas ou aquisições: 96% optam pelo papel moeda, enquanto 52% preferem o cartão de débito e 46% o cartão de crédito. Vale ressaltar que a pergunta permitia múltiplas escolhas por parte dos respondentes.

É interessante notar que esse estudo do BCB identificou que as transações de menor valor costumam ser quitadas com dinheiro. Operações até R$10 são pagas em espécie por 88% das pessoas, contra apenas 11% em cartão de crédito ou débito.

Esse número cai pela metade quando a compra passa de R$500, sendo 31% feitas em dinheiro e 61% com cartões.

A análise do Banco Central também observou o comportamento relacionado às moedas brasileiras. Mais da metade da população (54%) carrega consigo moedas para usá-las em pequenas compras ou para facilitar o troco. Já 26% das pessoas as guardam em casa ou no trabalho por até 1 mês (59%).

Ainda que o brasileiro use frequentemente o dinheiro como meio de pagamento, o cenário está mudando a cada ano que passa. Em 2013, ele era o preferido de 78% dos entrevistados, contra 60% em 2018. Ou seja, a migração de pagamentos em espécie para cartões está realmente crescendo.

Meios de pagamento que você deve oferecer

Então, mesmo que o brasileiro ainda utilize dinheiro em espécie, essa realidade está se transformando. Por isso, você deve estar atento a quais meios oferecer para a maior comodidade dos seus clientes.

O Banco Central verificou que, em 2018, 4% dos entrevistados afirmaram não utilizar dinheiro e nem moedas em nenhum dos seus pagamentos. Em 2013, todos tinham o papel ou moeda como meios de pagamento.

Portanto, vejamos quais os principais meios de pagamento que você deve disponibilizar em seu estabelecimento.

Cartão de crédito

Em relação ao comércio, especificamente, o dinheiro é a forma mais usada como retribuição financeira a produtos e serviços (52%), seguido pelos cartões de crédito (31%) e cartões de débito (15%).

Isso significa que quem não oferece aos clientes a opção de pagar com cartão, está perdendo muitas oportunidades de aumentar o faturamento do estabelecimento.

Cartão de débito

A utilização dos cartões de débito apresentou o maior crescimento no comércio entre 2013 e 2018. Nesses 5 anos, as operações no débito passaram de 14% para 20%.

Boleto bancário

Muitos brasileiros ainda não têm acesso ao crédito, seja por falta de comprovação de renda ou por estarem com o nome negativado, entre outras razões. Por isso, oferecer o boleto bancário também é importante para não perder vendas.

Como oferecer meios de pagamento com menor custo

A Azulis é a parceira ideal para que você consiga oferecer os melhores meios de pagamento com os menores custos no seu comércio. Quando o assunto é recebimento via cartão, é bem provável que você se perca nessa escolha. Afinal, existem mais de 50 tipos de maquininhas disponíveis no mercado.

Com a ajuda da Azulis, fica muito mais simples e fácil fazer um comparativo entre preços, modelos, taxas, bandeiras e muito mais. Você pode decidir por uma máquina para usar no celular, pela que não precisa de smartphone ou pelo tipo que imprime comprovantes.

Além do mais, em nosso site, você encontrará promoções exclusivas, que são atualizadas diariamente. Tudo para auxiliá-lo na melhor escolha, evitando surpresas desagradáveis e dores de cabeça com custos altos e desnecessários.

E não é só isso: você também pode abrir uma conta digital para sua pessoa jurídica. Com ela, será possível emitir boletos e incluir a maquininha. Os autônomos também podem contar com esse serviço, abrindo uma conta para pessoa física. É só checar quais são nossos parceiros e optar pelo que seja mais adequado às suas necessidades.

Quem oferece os melhores meios de pagamento aos seus clientes tem muito mais chance de fazer o negócio decolar, aumentar o faturamento e ter sucesso no empreendimento.

Por isso, não perca mais tempo e disponibilize as formas de pagamento que seus consumidores querem.

Continue a sua leitura com esse post sobre Máquina de cartão: tudo o que você precisa saber antes de escolher a melhor.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!