Microcrédito: opção de dinheiro extra ao pequeno empreendedor

Por Redação Azulis

Procura microcrédito? Conheça a modalidade de empréstimo para o pequeno empreendedor e veja opções para contratar.

O microcrédito pode ser uma excelente maneira para você captar recursos financeiros e, assim, investir no seu próprio negócio. Não por acaso, esse é um produto pensado no pequeno empreendedor que não dispõe de todo o dinheiro que precisa para tocar seu projeto.

Neste artigo, você vai descobrir detalhes sobre essa modalidade de crédito, como taxas, regras e quem pode solicitar o valor extra. Além disso, selecionamos algumas opções disponíveis no mercado para que você faça uma escolha consciente. 

Vamos conferir todas as dicas? Siga a leitura!

O que é microcrédito?

Se você tem uma empresa de porte pequeno, sabe como pode ser difícil contratar serviços financeiros em bancos, não é mesmo? Por isso, o governo federal brasileiro criou um programa de incentivo aos pequenos negócios. Nesse pacote, existe o chamado Programa Nacional de Microcrédito Produtivo Orientado – PNMPO.

A modalidade funciona como empréstimo fornecido a micro e pequenos empreendedores, que estejam ou não devidamente formalizados. O objetivo do microcrédito é oferecer dinheiro extra para que esses donos do próprio negócio invistam na compra de equipamentos ou em reformas.

Em outras palavras, o empréstimo é uma maneira de facilitar o acesso ao crédito para os pequenos empreendedores. A ideia, assim, é promover e incentivar os investimentos nos negócios.

Como o microcrédito funciona?

Para solicitar esse tipo de empréstimo, os empreendedores precisam passar por um processo semelhante aos demais procedimentos de tomada de crédito. Assim, será necessário ir até uma agência bancária que fornece o microcrédito, encaminhar o pedido do valor desejado e aguardar a análise. 

No entanto, também existem algumas especificações para participar do PNMPO. Como o nome indica, o microcrédito faz parte de um programa orientado. Assim, o empreendedor que solicita o empréstimo deve ter o acompanhamento de profissional especializado

Geralmente, esse “tutor” é indicado pela própria instituição financeira. Ele será responsável por verificar a situação do empreendimento e prestar orientações para melhorar as finanças da empresa.

Além disso, o PNMPO tem regras previstas na Resolução Nº 4.713/2019. São elas:

  • Valor máximo de empréstimo: R$21 mil
  • Taxa de juros efetiva máxima: 4% a.m.
  • Valor máximo da taxa de abertura de crédito: 3% do valor do crédito concedido
  • Vedação da cobrança de quaisquer outras taxas ou despesas

Ou seja, o microcrédito é uma espécie de empréstimo destinado a pequenos negócios, oferecendo apoio na gestão e cobrando taxas menores do que a média de mercado.

Quem pode contratar microcrédito?

O solicitante do microcrédito deve ser pessoa física ou jurídica e precisa empreender em atividades produtivas urbanas ou rurais. Também o seu empreendimento pode atuar de forma individual ou coletiva.

Além disso, a receita bruta anual do negócio não pode ultrapassar o valor de R$ 200 mil – ou cerca de R$ 16 mil reais por mês. É o seu caso? Então, só resta saber quando contratar e escolher a melhor opção.

Quando recorrer ao microcrédito?

O principal objetivo do PNMPO é facilitar o acesso ao crédito para micro e pequenos empresários, como vimos. Em outras palavras, a meta é permitir que esse perfil de empreendedor tenha recursos financeiros para investir e melhorar o próprio negócio.

Assim, você pode recorrer ao microcrédito para comprar, aprimorar ou contratar:

  • Capital de giro
  • Maquinário
  • Equipamentos
  • Ferramentas
  • Materiais de uso
  • Aquisição de mercadorias
  • Reformas da empresa
  • Reformas de equipamentos.

Porém, lembre que deve utilizar o empréstimo com organização e planejamento financeiro, a fim de fazer um bom investimento e não desperdiçar o recurso extra contratado.

3 opções de microcrédito para seu negócio

Está decidido a buscar microcrédito no mercado e preenche os requisitos exigidos por lei? Como próximo passo, confira alguns bancos autorizados a conceder esse tipo de empréstimo e também as regras específicas de cada um.

1. Caixa

A Caixa disponibiliza o “Microcrédito Produtivo Orientado Caixa”. Dentre suas regras para liberar os valores, o banco exige que o solicitante não tenha o nome sujo – ou seja, não pode estar cadastrado em sistemas de inadimplentes, como Serasa e SPC Brasil.

Além disso, para pedir o empréstimo, é necessário ter conta-corrente, poupança ou Caixa Fácil na instituição. Em seguida, ele passará por análise de crédito.

A Caixa cobra taxas de juros a partir de 1,99% a.m. e tem Tarifa de Abertura de Crédito (TAC) de 3%.

2. BNDES

O “BNDES Microcrédito – Empreendedor” é o crédito facilitado oferecido pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social. A instituição disponibiliza valores de até R$ 20 mil para empreendedores que desejam aplicar o crédito em capital de giro e investimentos.

Para solicitar o PNMPO do BNDES, é necessário enviar uma solicitação pelo Canal do Desenvolvedor MPME ou se dirigir a uma das unidades de agentes operadores. Tanto a taxa de juros quanto a TAC são negociadas diretamente com a instituição.

3. Sicred

Além dos bancos públicos, também existem opções de cooperativas de crédito que fornecem o empréstimo facilitado. O Sicred é uma delas.

Através do “Microcrédito Sicred”, pequenos empresários têm até 24 meses para pagar o valor solicitado. Para consultar taxas e verificar condições, basta ir a uma agência do Sicred e solicitar o PNMPO.

Além dessas opções de microcrédito, você também pode conferir diversas outras modalidades de empréstimos para empreendedores no portal da Azulis. Por aqui, temos uma lista completa e atualizada com os diferentes serviços oferecidos por instituições financeiras para empresários, além de uma plataforma criada especialmente para inspirar você a vender mais no seu negócio.

Acesse também o blog “Vida de Dono” e confira as variadas formas para obter recursos financeiros e muito mais dicas para investir no seu negócio.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!