O que é lucro? Entenda seus tipos e significado para alcançar esse objetivo

Por Redação Azulis

Entender o que é lucro e quais são seus tipos é fundamental no momento de abrir uma empresa e traçar seus objetivos. Saiba mais em nosso artigo.

É comum que alguns empreendedores, em início de carreira, tenham dúvidas sobre o que é lucro. Mas saber diferenciar lucro de faturamento é essencial para a tomada de decisão na empresa. No entanto, há pessoas que pensam que ambos os termos são a mesma coisa, o que as leva a tomarem decisões erradas.

Para saber qual foi o lucro real de uma empresa, é preciso calcular todas as despesas necessárias para o funcionamento do negócio.

Complicado? Não se preocupe! Criamos este post para tirar suas dúvidas sobre o que é lucro, qual a importância de entender seu conceito, os tipos de lucro existentes, entre outros assuntos relevantes.

Por que é importante para minha empresa saber o que é lucro?

Como já citamos no início do post, saber o que é lucro é importante para tomadas de decisões na empresa. Isso porque até mesmo o tipo de tributação da empresa pode ser escolhido baseado em sua lucratividade.

Então, entender esse conceito é essencial para que a empresa escolha o regime tributário correto e não pague mais do que o necessário em impostos.

Além disso, é por meio da análise dos lucros da empresa que você consegue informações sobre a saúde de seu negócio. Dessa forma, você pode tomar decisões que sejam úteis para o crescimento de sua companhia ou ainda pode cortar gastos desnecessários, que diminuem sua lucratividade.

O que é lucro?

Lucro é o que a empresa ganha com a venda de produtos ou serviços. No entanto, para saber qual a lucratividade do negócio, é preciso subtrair todas as despesas como aluguel, pagamento de funcionários, dívidas com fornecedores, custos com água, luz e outras demandas que são necessárias para manter a empresa em funcionamento.

Essa é a principal diferença entre lucro e faturamento, pois o segundo é o valor total das vendas da empresa em um determinado período.

Quais são os tipos de lucro?

Agora que você sabe o que é lucro, precisa entender a diferença entre eles. Isso é fundamental para a boa gestão de seu negócio.

Lucro Bruto

O lucro bruto se refere ao valor total ganho em uma venda, ou seja, ele é calculado somando o valor total das vendas e subtraindo o custo de produção com pagamento de funcionários e compra de matéria-prima.

Lucro Líquido

O lucro líquido se refere a toda a rentabilidade da empresa em um determinado período. Após o cálculo da margem bruta, é feito um novo cálculo, no qual são subtraídas as demais despesas da empresa.

Lucro Operacional

Para se chegar ao valor do lucro operacional, é necessário somar todas as receitas da empresa e subtrair todos os custos operacionais para a fabricação do produto ou venda dos serviços.

Margem de Distribuição

Essa margem de lucro é simples, e deve ser entendida e calculada. Ela corresponde à quantidade de produtos ou de serviços que precisam ser vendidos para pagar toda a operação necessária para colocar aquele item à venda.

Quais os tipos de impostos?

Outro ponto importante que o empreendedor deve saber é sobre os tipos de tributação, que são calculados de acordo com o lucro do negócio. Vamos ver como funciona!

Lucro Presumido

Nesse tipo de regime, a Receita Federal presume qual será o lucro da empresa baseado em suas atividades — por isso o nome, lucro presumido. Dessa forma, é gerado um valor de lucro e alíquota que essas empresas devem pagar para a Receita.

O lucro presumido é indicado para empresas cujo faturamento anual seja maior do que R$ 4 milhões e menor do que R$ 78 milhões. Nesse tipo de regime, empresas como financeiras, corretoras e bancos não podem se enquadrar.

O lucro presumido é o tipo de tributação mais comum no Brasil, perdendo apenas para o Simples Nacional.

Lucro Real

Este pode ser considerado o tipo de regime tributário padrão. Nesse caso, para chegar ao valor da tributação, é necessário fazer a apuração das receitas e deduzir os custos e as despesas para chegar ao imposto devido em determinado período.

Algumas empresas como corretoras, bancos comerciais, sociedades de créditos, empresas de financiamento e investimentos têm obrigação de aderir a esse tipo de tributação.

Além disso, empresas com faturamento bruto anual acima de R$ 48 milhões devem optar pela tributação por lucro real.

Simples Nacional

O Simples Nacional é o tipo de tributação mais comum, devido à sua simplicidade. Ele é indicado para microempresas e empresas de pequeno porte. A vantagem do Simples é que ele unifica o pagamento de diversos impostos em uma guia única.

Para aderir ao Simples Nacional, a empresa deve ter um faturamento anual de até R$ 4.800.000,00. Além disso, é preciso observar se a empresa exerce atividade profissional permitida pelo Simples e se o sócio não tem restrição que impeça o enquadramento ao regime.

O que fazer para aumentar meu lucro?

Bom, saber o que é lucro e os diferentes tipos não é uma tarefa difícil. O maior desafio dos empreendedores é conseguir aumentar a lucratividade de seu negócio. Isso porque nem sempre o aumento das vendas implica em maiores ganhos, pois nesses casos, o custo operacional da empresa também aumenta.

Uma boa estratégia para manter o fluxo de caixa positivo é apostar na diminuição dos custos de suas operações. Por isso, é essencial ter controle sobre as despesas do negócio. Para isso, você pode utilizar softwares específicos ou uma planilha de Excel mesmo.

Além disso, é importante investir na equipe de vendas para garantir a excelência no atendimento. Isso porque a experiência do cliente em relação à empresa é um fator decisivo na hora de o consumidor decidir pela compra.

No mais, vale aumentar o mix de produtos ou dos serviços oferecidos para atrair clientes de diferentes perfis para seu negócio.

Agora que você já sabe o que é lucro, como ele influencia na tributação de sua empresa e como aumentar os ganhos de seu negócio, está na hora de colocar nossas dicas em prática para fazer sua empresa crescer. Com o tempo e um bom trabalho, você poderá abrir outras filiais e, até mesmo, se tornar referência no segmento que atua.

Gostou do post sobre lucro? Que tal aprender agora como escolher o melhor tipo de máquina de cartão para seu negócio?

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!