Planilha de controle de gastos para empresas: como fazer

Por Redação Azulis

Ter uma planilha de controle de gastos na empresa é fundamental para o seu sucesso. Veja aqui como fazer uma!

Organização é uma palavra muito importante para quem tem uma empresa. A falta dessa característica pode levar ao fechamento das portas do seu ganha-pão, principalmente quando se fala do setor financeiro

Neste texto, vamos mostrar um exemplo de planilha de controle de gastos e ensinar o que você deve fazer para manter as finanças de sua empresa em ordem. Confira!

Quer gerenciar o seu negócio de forma PRÁTICA?

Então confira as melhores ferramentas para gestão! Política de Privacidade

Acesse seu E-mail para baixar o conteúdo.

Por que usar uma planilha de controle de gastos

Muitas pessoas sofrem por não conseguirem administrar o próprio dinheiro e por gastarem mais do que deveriam. Se já é difícil controlar as finanças de uma única pessoa, imagine as de uma empresa inteira!

Utilizar uma planilha de gastos é muito importante para ter todas as transações da instituição registradas e ter um controle maior sobre futuros investimentos, cortes, estoques de produtos, entre outros. Ainda, a falta de planejamento é uma das principais causas de mortalidade das empresas no Brasil, por isso, é preciso prestar bastante atenção nesse aspecto.

Não controlar os gastos pode interferir, inclusive, em diversas outras áreas da empresa. Sem ter tudo anotado, um departamento que precisa de investimento não o recebe, por achar que não há recursos suficientes na empresa, e acaba se prejudicando.

SAIBA+AZULIS – Confira as melhores opções de conta digital para o seu negócio 

Modelo de planilha de controle de gastos empresariais

Apesar de muitas pessoas entenderem a importância de se ter uma planilha de controle de gastos, muitas delas não sabem como montar uma. No entanto, existem planilhas prontas que você pode adaptar para usar na sua empresa.

O SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), disponibiliza, em seu site, diversas planilhas de gestão financeira que podem ajudar em seu dia a dia, inclusive uma de fluxo de caixa.

Ter esse auxílio pode facilitar as suas tarefas e otimizar seu tempo, assim você não precisa fazer contas na calculadora, nem arrumar espaços para armazenar papéis com vários registros. A tecnologia simplifica muito a nossa vida e devemos usufruir dela.

Como usar a planilha de controle de gastos e fazer o fluxo de caixa

A planilha fornecida no site do SEBRAE pode parecer complexa, mas ajudará muito a sua empresa. Com algumas explicações fica fácil entender o que colocar em cada célula. 

Saldo inicial em caixa e banco

Na parte que solicita o saldo inicial em caixa e banco deve ser informada a soma do saldo em caixa e banco no início do primeiro mês. Nos meses subsequentes ao primeiro o valor será o “Saldo acumulado” do período anterior.

Tipos de entradas em caixas e bancos

Em “tipos de entradas em caixas e bancos” deve-se informar cada entrada, como:

  • dinheiro;
  • cheque pré-datado;
  • duplicatas a receber;
  •  

São os valores previstos para entrarem na empresa nos meses seguintes.

Total de entradas

Em “Total de entradas” você deve informar a soma do total de entradas previstas em cada mês.

Tipos de saídas em caixas e bancos

Em “Tipos de saídas em caixas e bancos” deve-se informar os pagamentos previstos para cada mês.

Total de saída

Assim como em “total de entradas”, aqui é preciso somar todos os valores de saída prevista de cada mês.

Saldo operacional (entradas – saídas)

Nesse campo deverá ser informado o total de entradas menos o total de saídas em cada mês, formando o saldo operacional da empresa.

Saldo acumulado (saldo operacional + saldo inicial)

O saldo acumulado é a soma do “saldo operacional” com o “saldo inicial”. 

Vá além da planilha de controle de gastos

Para gerir bem uma empresa, sabemos que é necessário ter um controle de gastos rigoroso de forma que nenhuma informação seja deixada para trás.

No entanto, só uma planilha pode não ser suficiente para você manter a organização em dia, afinal, as finanças de uma empresa vão muito além de um fluxo de caixa, não é mesmo? A seguir vamos dar algumas dicas de controle financeiro.

Controle de estoque

O controle de estoque é fundamental para a geração de lucro na empresa. É necessário ter uma boa visualização dos itens e contabilização correta de tudo que entra e sai. A falta de entendimento da movimentação dentro do depósito pode trazer prejuízos ao negócio.

Pague as contas em dia

Para evitar gastos desnecessários, com juros e multas, é muito importante pagar as contas em dia. Para isso, é necessário ter o fluxo de caixa da empresa atualizado, garantindo o pagamento das contas sem atraso.

Utilize softwares de gestão

O trabalho gerado para manter o controle financeiro de uma empresa pode ser enorme. E é nessa hora que devemos utilizar a tecnologia a nosso favor. Atualmente, existem softwares de gestão com interface amigável para que o dono do negócio possa se dedicar mais a outras tarefas que também são muito importantes para o crescimento do estabelecimento.

Todas as atividades dentro de uma empresa são importantes para o seu desenvolvimento, principalmente a nutrição de uma planilha de controle de gastos. Por isso, não deixe de investir um tempo do seu trabalho para as tarefas relacionadas às finanças, já que elas podem afetar diretamente os resultados.

Agora que você já sabe mais sobre planilhas de controle de gastos, assine a nossa newsletter para receber mais conteúdos que ajudarão o seu negócio crescer!

Quer gerenciar o seu negócio de forma PRÁTICA?

Então confira as melhores ferramentas para gestão! Política de Privacidade

Acesse seu E-mail para baixar o conteúdo.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!