7 dicas para vender muito na Black Friday

Por Fernanda Santos

A Black Friday está chegando e com ela as suas chances de vender muito! Separamos dicas que vão ajudar você a preparar o seu negócio

black-friday-2019

Parece que 2020 mal começou e já estamos anunciando a Black Friday. É isso mesmo. A famosa sexta-feira de descontos que acontece tradicionalmente no fim do ano já tem data marcada para acontecer no Brasil: dia 27 de novembro.

No último ano, somente as vendas online passaram os R$ 3 bilhões, segundo um relatório divulgado pela Ebit.

Para ajudar o dono do próprio negócio a se preparar para a Black Friday e vender bastante na sexta-feira mais esperada do ano, reunimos algumas dicas importantes. Leia com atenção e já comece a se planejar!

1) Saiba quando e o que vender

A Black Friday, como o próprio nome diz, acontece em apenas uma sexta-feira do ano, mas muitas lojas começam a fazer promoções bem antes da data – e continuam com os descontos por mais alguns dias depois.

O ideal é que você se planeje com antecedência para pensar no que vender e por quanto tempo vender, considerando o estilo do seu negócio, seu orçamento ou tamanho da equipe. Vale a pena se perguntar:

Consigo fazer um mês inteiro de descontos sem prejudicar meu caixa? Tenho produto suficiente em estoque para isso? Terei tempo para atender bem os clientes, responder dúvidas e, em caso de comércios online, entregar as mercadorias em um bom prazo? Lembrando que o ideal é oferecer produtos que têm apelo de venda, ou seja, são desejados pelos consumidores, e não apenas o que sobrou na sua loja da coleção passada. 

SAIBA+AZULIS: Por que sua loja deve participar da Black Friday?

2) Aproveite para desencalhar produtos

Todo empreendedor, em algum momento, faz uma compra exagerada e acaba perdendo dinheiro, porque não vende conforme o esperado.

Os produtos que você coloca em promoção na Black Friday devem ser atraentes ao público, mas isso não significa que você não possa aproveitar para desencalhar as peças que estão no seu estoque há um tempão, ocupando espaço e, pior, fazendo seu negócio deixar de lucrar. O melhor é mesclar as peças mais antigas com as novas e dar descontos ainda mais atraentes nas mercadorias que têm menos apelo de vendas.

SAIBA+AZULIS: Dicas de vendas para impulsionar seu e-commerce

3) Calcule bem a margem de lucro

A Black Friday tem que ser boa para quem compra e para quem vende também. A dica aqui, portanto, é calcular bem sua margem de lucro para não acabar levando prejuízo nas promoções. É esse cálculo que vai definir quanto você pode oferecer de desconto nos produtos, levando em conta o preço de custo e demais gastos do seu negócio.

4) Não faça promoções enganosas

Em hipótese alguma tente enganar seus clientes com pegadinhas nos textos promocionais ou promoções enganosas, como é o caso do famoso “tudo pela metade do dobro”, quando o dono da loja aumenta os preços antes de oferecer desconto em cima deles.

Especialmente por conta da internet, os consumidores estão mais antenados do que nunca e se comunicam com muita facilidade. Com os clientes tão conectados, é melhor não arriscar a reputação da sua loja.

No caso de lojas online, divulgue fotos realistas, seja claro sobre as características do produto e cumpra todos os prazos de entrega. Nas lojas físicas, o ideal é que os anúncios sejam bem transparentes sobre os preços e formas de pagamento. Assim, ninguém se sentirá lesado.

5) Anuncie nas redes sociais

Não adianta nada você planejar uma promoção legal para a Black Friday e não avisar os clientes, principalmente se o seu negócio está fora dos shopping centers e centros comerciais, que atraem grande fluxo de pessoas independentemente das publicidades.

O ideal é pensar em uma campanha para as redes sociais que comece algumas semanas antes da sexta-feira de descontos. Você pode preparar posts divertidos explicando a promoção, postar prévias nos Stories e patrocinar publicações para que o alcance seja maior. A dica é usar a criatividade.

SAIBA+AZULIS: 9 dicas para o Instagram da sua empresa fazer sucesso

6) Prepare-se para atender bem os clientes

Com as promoções da Black Friday, o movimento da sua loja deve aumentar. Isso significa que haverá mais pessoas circulando pelo local, experimentando peças, pedindo informações, matando dúvidas… Enfim, mais clientes para serem atendidos.

É muito importante planejar o seu atendimento para esse aumento das vendas. Você tem funcionários suficientes? Já definiu seus canais de comunicação com os clientes (WhatsApp, telefone, chat online, entre outros)? Está preparado para responder dúvidas rapidamente? Se a resposta for sim, está no caminho certo.

SAIBA+AZULIS: Passo a passo: como montar um treinamento de vendas eficaz

7) Ofereça todas as formas de pagamento

Na Black Friday, os consumidores saem de casa dispostos a visitar várias lojas e ver tudo o que está rolando por aí. Ninguém quer perder tempo com uma maquininha que parou de funcionar ou ter de ir ao banco sacar dinheiro, já que a loja não aceita pagamento em cartões.

Para não perder vendas, a dica é ter ao menos duas maquininhas de cartão, de empresas diferentes, que aceitem uma boa quantidade de bandeiras. Se uma delas der problema, você ainda terá uma segunda opção.

Para ajudar na escolha e ainda encontrar as melhores promoções do mercado, você pode acessar o comparador de maquininhas da Azulis. Lá, você encontra o modelo ideal para o seu tipo de negócio. Boa sorte e boas vendas!

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!