Tratar bem os funcionários pode aumentar suas vendas

Por Maria Teresa Lazarini

A Pesquisa Akatu 2018 mostrou que, dentre as oito principais causas que mais mobilizam o consumidor a comprar um produto de uma marca, cinco estão associadas ao cuidado com as pessoas

Segundo a pesquisa, boas condições de trabalho aumentam a produtividade na empresa e a valorização da marca pelos consumidores

tratar-bem-funcionario

Na hora de preparar um plano de negócios, uma das principais preocupações dos empreendedores é apostar todas as forças em propagandas e divulgações para a empresa cair no gosto dos consumidores. No entanto, a estratégia não parece ser a mais eficaz para deslanchar um negócio e começar a vender. Segundo o Akatu, ONG de conscientização e mobilização para o consumo consciente, os consumidores são mais impactados com empresas que se preocupam com seus funcionários do que com marcas com grande volume de propagandas.

A última pesquisa da organização mostra que empresas que se preocupam com o bem-estar dos funcionários são duplamente beneficiadas. Além de aumentar a produtividade e o rendimento do negócio, o cuidado com os colaboradores tem grande impacto na percepção dos clientes. De acordo com o Akatu, 43% dos entrevistados “aumentariam muito” a intenção de compra se a empresa tratasse todos os funcionários da mesma forma. O mesmo vale para marcas que oferecem boas condições de trabalho: a pesquisa mostra que 36% dos entrevistados estariam mais mobilizados a comprar um produto de uma marca que privilegia a equidade e o bem-estar das pessoas.  

“Pesquisas [como esta] revelam que boas condições de trabalho estão ligadas a níveis mais altos de produtividade individual, rendimentos e competitividade. Assim como o oposto também é real, ou seja, em ambientes onde ocorrem situações de abuso verbal e assédio sexual, por exemplo, a produtividade decresce”, diz Larissa Kuroki, coordenadora de conteúdos e metodologias do Akatu. 

Seja implementando um corpo de funcionários mais diverso ou oferecendo benefícios para os colaboradores, cuidar do pessoal que trabalha na sua empresa deve ser uma das grandes prioridades do seu negócio.

Mas como implementar essas medidas? Entenda a seguir.

Crie um ambiente de trabalho inclusivo

Um dos motivos que impulsionam empreendedores a começar um novo negócio é a insatisfação com o trabalho anterior. Por motivos de salário injusto ou horas extras não pagas, más condições de trabalho afastam funcionários e comprometem a produtividade deles. Esse foi o caso da Daniela Andrade, que passava mais de 18 horas por dia trabalhando em uma multinacional. A solução, para ela, foi o empreendedorismo.

“Eu trabalhava demais, trabalhava 18 horas por dia. Mas queria ter uma vida além disso”, diz Daniela, que hoje é dona de uma bomboniere na zona sul de São Paulo.

Investir em boas condições de trabalho é um investimento não só para os colaboradores, mas também para a produtividade e diminuição de rotatividade na sua empresa.

“Além das condições básicas de trabalho justo como horas de trabalho não excessivas, períodos de descanso, remuneração justa, previdência social, ambiente seguro, limpo e confortável, é preciso garantir um espaço inclusivo, onde prevaleça a equidade de gênero e a não discriminação de qualquer natureza”, afirma Larissa, do Akatu.

Como a coordenadora comenta, um ambiente de trabalho diverso e inclusivo é aquele que valoriza as diferenças individuais e faz com que as pessoas sintam-se aceitas e bem-vindas. Nesse caso, se o seu negócio opera com um ponto de venda físico, pense em implementar medidas que acolham não só os seus funcionários, mas também seus clientes. Larissa, do Akatu, cita algumas mudanças que devem ser adotadas:

  • Trocar escadas por rampas;
  • Adaptar maçanetas e portas;
  • Instalar alarmes de segurança multissensoriais;
  • Construir paredes e superfícies com texturas e cores diferentes.

SAIBA+AZULIS: Conheça 7 maneiras de motivar sua equipe

As vendas diminuíram? Saiba como cortar os custos do seu negócio!

Confira táticas nesse guia gratuito! Política de Privacidade

Acesse seu E-mail para baixar o conteúdo.

Planeje um desenvolvimento de carreira para os seus funcionários

No início do ano, o IBGE mostrou que mais de 25% dos trabalhadores no Brasil não tinham registro formal em 2018. De 2014 para 2018, o número de cargos sem carteira assinada subiu 7,8%. Para Larissa Kuroki, coordenadora do Akatu, tal cenário indica uma crise no mercado de trabalho que causa falta de proteção social e de benefícios garantidos pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT).

Afinal, quando os trabalhadores são contratados na informalidade, eles perdem direitos básicos que beiram ao subemprego, como a falta de aviso prévio em caso de demissão, horas extras remuneradas e vale-transporte.

“Em decorrência da falta de melhores oportunidades de formação e emprego, a necessidade vem deslocando os trabalhadores para situações de subemprego”, diz Larissa. “Pequenas e médias empresas, muitas vezes por ainda não possuírem uma estrutura sólida, pecam com a falta de incentivo ao desenvolvimento profissional do atual quadro de funcionários”.

Por desenvolvimento profissional dos colaboradores, podemos entender como formar um plano de carreira para os funcionários. Com uma estimativa de qual será o progresso e futuro na empresa, os funcionários são incentivados a se manter no mesmo lugar, uma vez que sabem como podem progredir. Para Larissa, a falta desse planejamento de desenvolvimento pessoal acaba dificultando a permanência dos colaboradores na empresa.

Adotando medidas que promovam bem-estar aos funcionários, segue a importância de mostrar para os consumidores e para a comunidade na qual sua empresa está inserida a relevância e impacto de tais práticas. Como a Pesquisa Akatu 2018 mostra, clientes tendem a aumentar muito a intenção de compra em empresas que tratem todos os funcionários iguais, o que pode aumentar no número de vendas dos seus produtos. Além de, claro, inspirar outras pessoas e negócios a agirem da mesma maneira inclusiva com os outros.

SAIBA+AZULIS: Empreendedorismo social: como conseguir investimento?

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!