Como trabalhar por conta própria com pouco investimento

Por Redação Azulis

Quer saber como trabalhar por conta própria com pouco investimento? Então você chegou ao lugar certo. Confira as dicas da Azulis.

trabalhar por conta própria com pouco investimento

Talvez você deseje sair do seu emprego atual, começar uma nova carreira, ou simplesmente aumentar a renda. Não importa o motivo, diversos profissionais fazem a mesma pergunta: como trabalhar por conta própria com pouco investimento?

O primeiro passo é não tomar decisões rápidas. A urgência para gerar renda é um fator explorado por muitos criminosos online. Não aceite convites de “dinheiro rápido e fácil”.

Dito isso, existem sim muitas oportunidades em todos os segmentos. Descubra agora como começar!

É possível trabalhar por conta própria com pouco investimento?

A resposta simples é: sim, é possível começar uma nova ocupação com pouquíssimos custos. Porém, esse tipo de trabalho não é o ideal para qualquer pessoa. Vamos explicar melhor.

Quando falamos em reduzir ao máximo os custos, estamos falando de ocupações sem espaço físico dedicado, normalmente são trabalhos feitos em casa (home office). Em alguns casos, os escritórios compartilhados também são uma alternativa, eles são bons para quem precisa receber clientes ou usar a internet do local.

SAIBA+AZULIS: Sacudindo a poeira, ela decidiu empreender fazendo faxina

Isso não significa que apenas esses serviços possam ser oferecidos. De fato, muitas empresas diferentes começaram as atividades na garagem — inclusive a gigante Amazon.

Outro fator relevante é que, no último ano, 126,9 milhões de brasileiros tiveram acesso à internet (70% da população). Essa realidade incentivou o crescimento dos produtos digitais — com entrega instantânea e baixo custo. Músicas, sites de membros, e-books, vídeos e apps são os formatos mais comuns.

Ok, mas por que o trabalho remoto não é adequado para algumas pessoas?

Simplesmente porque a produtividade nesse modelo exige muita disciplina e organização. Quando o mesmo local é usado para trabalho e descanso, é muito fácil se distrair ou procrastinar tarefas importantes. Ou seja, o profissional precisa ser auto gerenciável.

Para aqueles que desejam ser o próprio patrão para trabalhar pouco e ganhar muito, esse também não é o caminho ideal.

Se você quer começar um novo negócio, tenha em mente que o trabalho será dobrado e, na maioria dos casos, você terá que assumir todas as funções da empresa.

Vamos imaginar a operação de um e-commerce. Mesmo com um baixo investimento, o responsável precisa:

  • Comprar insumos ou produtos;
  • Organizar o estoque;
  • Embalar e enviar os pedidos;
  • Cadastrar produtos no site ou marketplace;
  • Atender clientes;
  • Planejar divulgações;
  • Fazer o controle financeiro, contábil etc.

Com pouco estoque e pedidos, é possível administrar todas as tarefas sozinho. No entanto, é preciso estruturar um fluxo de trabalho desde o início.

Como trabalhar por conta própria com pouco investimento?

Se você possui o perfil e está motivado para criar algo, agora é o momento de planejar os próximos passos. Veja a seguir.

Faça um plano de negócios

Essa é uma etapa negligenciada por muitos empreendedores. Não importa se os custos serão baixos, todo negócio demanda um planejamento prévio.

Se a ideia é validar um projeto para buscar investimento depois, um plano de negócio completo será exigido pelos bancos ou por investidores experientes. Mas cuidado para não passar meses ou até anos criando seu planejamento. Permita que os clientes tenham contato com o produto o mais rápido possível.

Para pessoas que não buscam investimentos externos, um planejamento básico é o suficiente para evitar grandes surpresas. Algumas perguntas iniciais para começar:

  • Você possui capital suficiente para suas despesas pessoais?
  • Quanto tempo você pode ficar sem gerar renda?
  • Seu produto ou serviço tem algum diferencial relevante?
  • Você possui os conhecimentos necessários para atuar no segmento?
  • Como você pretende divulgar o produto/serviço?

SAIBA+AZULIS: Ela criou uma marca de roupas aos 12 anos e com 14 anos já era milionária

É comum, no começo de uma empresa, considerar apenas o melhor cenário. Um bom planejamento também considera os riscos. Quais serão suas atitudes se algo não sair como planejado?

Descubra quais produtos/serviços estão em alta

Caso não tenha alguma atividade em mente, você pode verificar quais são as tendências do mercado. O Google Trends é uma ferramenta poderosa para ajudar nesse acompanhamento. Use-a para descobrir o interesse das pessoas por palavras-chave e categorias. Também é possível visualizar a evolução das pesquisas e descobrir consultas relacionadas.

Invista em capacitação

Ao identificar uma oportunidade, verifique quais são os atributos necessários para se destacar no segmento. É importante lembrar que a aptidão técnica não é uma garantia de sucesso. Por exemplo, você pode ser o melhor professor de inglês da região, mas se você não tem habilidades em edição de vídeos, design ou marketing digital, será bastante difícil competir com os atuais players em um curso online.

Conheça a lógica dos negócios digitais

Seguindo o exemplo de um curso online de inglês, é possível começar de forma simples — produzindo vídeos com o celular e aumentando sua audiência aos poucos. Porém, essa é uma estratégia de longo prazo (caso não haja investimentos).

Os produtos digitais são lucrativos e escaláveis, por isso, os maiores vendedores investem muito em tráfego e propaganda. Uma alternativa é atacar os nichos, você pode oferecer o curso para idosos ou para pessoas de baixa renda.

Lembre-se de que vender produtos de forma orgânica (sem custos), requer uma boa autoridade do vendedor. Isso só é possível após produzir muito conteúdo gratuito e relevante. Grandes influencers passaram anos no anonimato até que fosse possível monetizar o trabalho.

Para seguir nesse caminho, use plataformas como Hotmart e Monetizze — são gratuitas e essenciais para distribuir seu produto digital.

5 ideias de negócios para trabalhar por conta própria com pouco investimento

Como podemos ver, qualquer negócio demanda algum investimento de tempo ou dinheiro — seja com capacitação, revenda de produtos (e-commerce) ou para construir sua autoridade. Veja agora as melhores opções com baixo custo para começar.

Freelancer

Ser contratado por outras empresas é a forma mais rápida de gerar renda. As profissões mais comuns para o trabalho remoto são:

  • Programador para web ou aplicativos;
  • Designer para sistemas ou materiais publicitários;
  • Redator e copywriter;
  • Tradutor para vários idiomas;
  • Professor particular;
  • Consultor de marketing, finanças etc.

Para começar os trabalhos, crie seu perfil em plataformas de freelancer como 99freelas e Workana. Com um bom currículo/portfólio, é possível se destacar e conseguir novos projetos.

Digital influencer 

Se você não tem pressa para gerar renda, é possível criar conteúdo em blogs e redes sociais para atrair tráfego. Com um bom volume de usuários, você pode adicionar anúncios ou fazer parcerias para divulgar outros produtos. O YouTube é a plataforma mais comum para essa estratégia.

E-commerce

Se você tem um bom produto — lucrativo e com algum diferencial — a forma mais barata e rápida para vender é usando os grandes marketplaces (Mercado Livre, Amazon, Elo7 e vários outros). Essa é também uma boa forma de validar sua oferta antes de maiores investimentos.

Produtos e serviços artesanais

Essa é uma grande tendência de mercado. As pessoas estão buscando experiências exclusivas e personalizadas. Produtos artesanais e gourmet podem ser fabricados em casa (por encomenda) e vendidos online ou localmente. O Instagram é ótimo para anúncios locais e segmentados.

Serviços presenciais

Vários aplicativos como Uber, 99, Airbnb, GetNinjas, DogHero e Singu possibilitam trabalhar localmente com baixo ou zero custo inicial.

Apesar das instabilidades na economia, vivemos um período de abundância com a internet. Nunca houve na história tantas oportunidades nos mais diversos segmentos. Se você tem o perfil e está motivado para criar algo, trabalhar por conta própria com pouco investimento é possível e pode trazer grandes resultados.

Ainda não encontrou a ideia perfeita para empreender em 2020? Descubra agora outras opções que estão em alta!

Gostou do conteúdo? Então acesse o site da Azulis e confira outros artigos sobre o assunto.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!