Inadimplência de clientes: como fazer a cobrança?

Por Redação Azulis

Sabia que existem técnicas para fazer suas cobranças sem complicações e constrangimentos? Confira as dicas exclusivas que nós, da Azulis, preparamos para você.

Inadimplência de clientes

Com o aumento do endividamento das pessoas no país, ocorrido principalmente pela crise econômica e alta taxa de desemprego nos últimos anos, o número da inadimplência de clientes cresceu de forma considerável, gerando vários transtornos e prejuízos para as empresas. Lidar com a inadimplência não é uma tarefa fácil, principalmente porque exige muito cuidado no relacionamento com o público. Esse é um dos maiores desafios de todo gestor.

A boa notícia é que esse problema tem várias soluções, basta escolher as estratégias corretas e colocá-las em prática, sem colocar a percepção do cliente sobre a organização em risco.

Quer saber como fazer uma cobrança eficiente? Então, continue a sua leitura!

Mantena o cadastro dos clientes atualizado

Todas as informações importantes sobre os clientes precisam ser cadastradas e atualizadas com frequência – por exemplo, nome, endereço, telefone, e-mail, RG, CPF, entre outros. Com esses dados em mãos você conseguirá entrar em contato com eles, informar sobre o valor em aberto, bem como deixá-los cientes sobre as opções para pagamento desse débito.

Além disso, um cadastro atualizado e organizado oferece um histórico completo dos consumidores, permitindo que consiga acessá-lo a qualquer hora para entender o valor da dívida de cada um, o tempo que está vencido, e o quanto isso está causando de prejuízo ao seu negócio.

Entenda quem são os inadimplentes

Para conseguir realizar uma cobrança correta é preciso entender bem quem são os clientes inadimplentes, tendo em vista que cada um deles vai necessitar de uma abordagem diferente. Por exemplo, quem está devendo há 10 dias precisa ser tratado de uma maneira diversa de quem deve há 4 meses, não é verdade? Para isso, o ideal é que a equipe de cobrança elabore periodicamente relatórios com os nomes daqueles que estão devendo para elaborar a melhor estratégia.

Evite constrangimentos

É necessário compreender que, na maioria dos casos, a inadimplência de clientes ocorre porque a pessoa está sem condições naquele momento, e não por falta de interesse de quitar o débito ou desonestidade. Por este motivo, o primeiro contato precisa ser impessoal, com o intuito de evitar constrangimentos.

Uma alternativa é realizar a abordagem inicial via e-mail, já que é uma prática que permite um pequeno distanciamento entre a empresa e o cliente, possibilitando que ele se sinta mais à vontade para tratar daquela questão. O contato precisa ser da maneia mais respeitosa e cordial possível, para que assim vocês possam resolver o problema e, até mesmo, voltar a fazer negócios.

SAIBA+AZULIS: Fidelização de clientes: o que é, dicas e estratégias

Tenha em mente que por mais que os clientes estejam com débito em aberto, tratá-los mal vai prejudicar e atrapalhar a imagem da empresa, já que eles podem recorrer aos órgãos de defesa do consumidor para relatar o caso. Eles também podem contar para outras pessoas a situação constrangedora que passaram, afastando potenciais consumidores.

Conheça as causas do atraso

Mantenha sempre um diálogo aberto com o cliente e busque entender as causas do atraso no pagamento. Dessa forma, fica mais fácil propor opções que vão viabilizar o pagamento da dívida. A comunicação é sempre um ótimo caminho, pois envolve compreensão e simpatia por ambos lados, criando o espaço necessário para que a pessoa inadimplente seja sincera em relação ao seu momento financeiro.

Facilite o pagamento

Como já foi dito, na maioria das vezes, os clientes podem estar passando por dificuldades financeiras, o que impede que eles paguem o débito. Para tentar propor uma solução que seja favorável para os dois, você pode oferecer condições facilitadas de pagamento e, assim, evitar a necessidade de abrir ações judiciais contra eles. Por exemplo, parcelar a dívida ou oferecer descontos no pagamento à vista é uma boa alternativa para viabilizar o pagamento.

Mantenha o cliente informado

Deixar o cliente informado da dívida que ele tem com a empresa precisa ser um hábito. Para isso, é possível enviar uma SMS ou um e-mail sempre que a data de pagamento estiver próxima, com a finalidade de fazer com que ele se lembre do compromisso. Além disso, comunique também quando houver débitos em aberto.

Contudo, esse lembrete deve ser pontual. Não incomode o cliente todos os dias ou mais de uma vez ao dia com a cobrança, já que isso pode abalar o bom relacionamento entre ele e a empresa.

Capacite a equipe de cobrança

A equipe de cobrança precisa ser bem treinada e preparada para resolver esse problema com os clientes. Existem legislações que precisam ser conhecidas e a abordagem deve ser a mais amigável possível.

SAIBA+AZULIS: 5 dicas para escolher bem seus funcionários

É necessário, por exemplo, saber que constranger o inadimplente ou atrapalhar o seu lazer com a família pode gerar problemas para a companhia. Assegure-se de que essa negociação ocorrerá da melhor forma possível.

Terceirize a cobrança

A cobrança terceirizada pode ser uma boa opção para várias empresas, já que essa tarefa fica a cargo de profissionais preparados para enfrentar as mais variadas situações e que conhecem as melhores técnicas de abordagem, considerando cada caso de forma individual, evitando desgastes de relacionamento e as quebras de contrato.

Isso ocorre porque o foco desse tipo de serviço é a negociação. Dessa forma, os integrantes da equipe vão avaliar a situação de cada devedor para oferecer propostas adequadas ao seu momento atual. O objetivo é que todos saiam satisfeitos, e que o contratante tenha maiores chances de receber o valor devido, sem afetar a imagem da empresa.

Essa contratação também pode gerar uma economia considerável, pois sai mais em conta do que manter uma equipe dentro da própria organização – o que envolve várias despesas, como pagamento de salários, benefícios e o fornecimento de treinamentos para capacitação.

Agora que você sabe que a inadimplência de clientes pode ser resolvida por meio da implementação das estratégias adequadas, é importante ter em mente que a melhor ação para evitar prejuízos é adotar medidas preventivas para evitar que o débito em atraso aconteça. Como opção, você pode avaliar o histórico dos clientes, além de fazer uma boa análise de crédito antes de fechar um negócio. Isso pode fazer toda a diferença no crescimento saudável da companhia.

Achou este post interessante? Então, assine a nossa newsletter e acesse o site da Azulis para outros conteúdos sobre empreendedorismo.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!