Que negócio abrir em uma cidade pequena? Veja os melhores

Por Redação Azulis

Quer empreender, mas não sabe por onde começar? Veja qual tipo de negócio abrir em uma cidade pequena e mais dicas de sucesso.

Antes de abrir uma empresa, é muito importante avaliar alguns quesitos para saber se a ideia que você tem de negócio será um sucesso ou não. Um desses pontos a ser analisado é sobre o local em que a empresa será aberta. Se você já tem essa parte definida e agora está em dúvida sobre que tipo de negócio abrir em uma cidade pequena, você veio ao lugar certo.

Hoje, você vai conhecer algumas opções de negócios para abrir em cidade pequena e também vai aprender a avaliar se elas realmente valem a pena. Confira!

Que negócio abrir em uma cidade pequena: 5 ideias

Sabemos que você veio em busca de uma resposta para a pergunta: “que negócio abrir em uma cidade pequena?”. Portanto, vamos direto ao assunto. Confira nossas sugestões!

1. Loja de calçados

Todo mundo precisa de roupas e calçados. Na hora de descobrir que negócio abrir em uma cidade pequena, basta pensar no perfil dos moradores da cidade.

Um município bem localizado, com pessoas jovens e uma pegada turística pode ser uma boa ideia vender calçados como botas para trilhas, rasteirinhas e sapatilhas artesanais. Já uma população madura pode ser uma boa demanda para calçados mais confortáveis e tênis.

O segredo é descobrir o perfil dos moradores e investir em mercadorias de qualidade e na variedade de produtos.

2. Padaria

O ramo de alimentação geralmente é bastante promissor, e uma padaria aberta em um bairro com uma grande concentração de pessoas, no centro da cidade ou até mesmo na saída do município, beirando a rodovia, pode ser um negócio de sucesso para cidades pequenas.

A qualidade e variedade dos produtos também dão o tom na hora de compor uma estratégia bem-sucedida para abrir o negócio.

3. Farmácia

Você já mora em uma cidade pequena e está procurando um investimento. Já reparou em quantas farmácias existem no município?

Muitas cidades pequenas não têm muitas ofertas nesse segmento, e as poucas que atendem a população funcionam em um horário não muito atrativo ou têm um estoque limitado em quantidade e variedade de produtos.

Abrir uma farmácia maior, com um horário de funcionamento diferenciado, é uma grande oportunidade, especialmente para aqueles que têm um diploma na área.

SAIBA+AZULIS: Bom atendimento ao cliente: 8 dicas para atender bem

4. Churrascaria ou restaurante

Assim como as padarias podem ser abertas nos pontos de entrada e saída da cidade, uma churrascaria também pode ser o pote de ouro no final do arco-íris, especialmente se a localidade for próxima de um grande centro.

Afinal, não é incomum que os moradores de uma metrópole se desloquem até a cidade vizinha em busca de uma boa refeição, especialmente em datas comemorativas e aos finais de semana. É importante saber que, além de oferecer uma comida saborosa na churrascaria, é preciso investir em uma comunicação visual atraente e em um ambiente confortável, assim como em ações de marketing.

5. Clínica veterinária e pet shop

A paixão pelos animais não tem idade. Seja uma cidade com uma população jovem ou da melhor idade, nada é empecilho para amar os bichinhos de estimação e tratá-los como se fossem parte da família. Por isso, investir em uma clínica veterinária ou petshop em cidades pequenas pode dar muito certo.

Serviços como banho, tosa e venda de acessórios são boas oportunidades até mesmo para as grandes cidades se os produtos oferecidos forem diferenciados ese  o bairro onde o empreendimento está localizado não tiver muitas opções. O segredo é investir nos diferenciais. 

SAIBA+AZULIS: O que é tendência para 2020? Veja as melhores oportunidades do ano

Desafios e soluções para empreendedor em cidades pequenas

Além de pesquisar o perfil da cidade e dos moradores, também é importante verificar se realmente há um número suficiente de consumidores em potencial para o negócio que você tem em mente.

Por exemplo: se você vai investir em uma loja de roupas, é preciso considerar se realmente há pouca oferta para uma grande demanda, além de avaliar a necessidade da população também.

Vamos supor que você esteja decidida(o) a abrir uma loja de roupas de festa em uma cidade com 50 mil habitantes que não oferece nenhum empreendimento do ramo. No entanto, não há muita demanda para isso: a tendência é que os jovens saiam da casa dos pais para estudar em cidades maiores e acabem firmando residência por lá. Com uma população mais velha, a tendência é que não tenha demanda em casamentos para comercializar esse tipo de produto.

No entanto, o negócio também deve ser avaliado por outra vertente. Se sua cidade fica muito próxima a um grande centro, os vestidos podem ser fabricados e até mesmo vendidos nesse local. Cidades menores tendem a ter um custo menor em locação de imóveis e produção, fazendo com que o preço possa ser um diferencial realmente competitivo. E como as noivas já tem uma tendência a viajar para conseguir o vestido dos sonhos a um valor justo, essa pode ser uma grande sacada.

Como você pôde perceber, descobrir que negócio abrir em uma cidade pequena não é uma tarefa tão simples, mas assumindo uma posição estratégica e avaliando os desafios e possibilidades de cada empreendimento, local e região, é possível acertar em cheio na escolha.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!