Sebrae lança quadrinhos sobre empreendedorismo para crianças

Por Maria Teresa Lazarini

As histórias desenvolvidas pelo Sebrae ensinam sobre empreendedorismo e fazem paralelos com superheróis como Mulher-Maravilha e Homem Aranha

beto-sebrae

Segundo uma pesquisa do Global Entrepreneurship Monitor (GEM) de 2017, cerca de 15,7 milhões de jovens brasileiros estão atrás de informações sobre como abrir uma empresa. E o Sebrae quer ver este número crescer. Para isso, a instituição pensou em uma iniciativa inovadora para plantar a semente do empreendedorismo nas crianças: uma série de História em Quadrinhos (HQs) online que aborda dificuldades frequentes na jornada dos empreendedores.

Nas três histórias lançadas, os empreendedores são super-heróis que adquirem habilidades para enfrentar vilões e fazer sucesso com o próprio negócio. Mas os inimigos das histórias não são nenhum Coringa, de Batman, ou Thanos, de Vingadores. Na linha de ensinar as crianças sobre o empreendedorismo, os verdadeiros vilões da HQ são as dificuldades que um dono de negócio costuma enfrentar.

Na história Liana – Farmácia Maravilha, por exemplo, o vilão Pavoroso representa o preconceito que as mulheres sofrem ao abrir e manter uma empresa. Já no quadrinho de Beto Comerine, o inimigo é o Preju, que tenta convencer o personagem empreendedor a cair em dívidas. Na história de Pedro Parque, que faz alusão ao Homem Aranha, o jovem deve combater a vilã Despesona que estava prejudicando o estoque e fluxo de caixa da empresa familiar.

Com uma linguagem leve e divertida, as histórias buscam trazer o universo do empreendedorismo para mais perto das crianças, despertando o interesse delas na área. Como explica Fernando Bandeira, analista do Sebrae, “são histórias inspiradas na vida real. E queremos levar este universo para o mundo infantil, com intuito de ensinar este público um pouco sobre empreendedorismo”.

Confira, a seguir, quais são as histórias:

1. Liana contra o monstro Pavoroso

Fonte: Sebrae

Desde criança, o sonho de Liana era ter a própria farmácia, mas ela sabia que a tarefa não seria fácil. O vilão Pavoroso sempre a amedrontava com intolerância, discriminações e preconceitos, lhe dizendo que ela nunca conseguiria ter o próprio negócio. Mas depois de sofrer um acidente com produtos químicos, Liana adquire um superpoder que poderia ajudar a jovem a criar sua empresa: ela passa a saber exatamente o problema que cada cliente enfrentava. Aproveitando o poder, ela estudou muito para conseguir abrir sua própria farmácia ao lado de outras mulheres fortes e derrotar o preconceito.

Para ler a história, clique aqui.

2. Beto Comerine enfrenta o terrível vilão Preju

beto-sebrae
Fonte: Sebrae

Cozinheiro de mão cheia, Beto Comerine tinha o sonho de abrir um restaurante. Por mais que ele tentasse, Beto nunca conseguia abrir a empresa. O empecilho era o vilão Preju: com o poder de entrar na mente das pessoas, o inimigo tentava convencer Beto a cair em dívidas, a esquecer de manter o estoque em dia e misturar as finanças pessoais com as da empresa. Mas tudo mudou quando Beto aprendeu sobre gestão de empresas com seus amigos. Derrotando Preju, Beto abriu o restaurante Garras Mantium e mostrou que, com objetivos e planejamentos organizados, é possível dar a volta por cima.

Para ler a história, clique aqui.

3. Pedro Parque x Despesona, a Terrível

pedro-sebrae
Fonte: Sebrae

O jovem Pedro Parque era muito criativo e tinha planos de modernizar a loja dos seus tios. Mas um mistério acontecia no estabelecimento: todos os dias, as roupas do estoque apareciam rasgadas, causando enorme prejuízo para as finanças da empresa. Um dia, Pedro tentou descobrir a razão deste problema ficando a noite na loja. Mas ele acabou sendo eletrocutado sem querer e adquiriu poderes especiais de ver pelas paredes. Com este superpoder, o jovem conseguiu ver que a vilã Despesona estava prejudicando o estoque da loja. Implementando estratégias inovadoras, Pedro conseguiu vencer a inimiga e modernizar a loja Teia da Moda.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!