Trabalhar com vendas: Entenda melhor sobre esse ramo

Por Redação Azulis

Trabalhar com vendas é uma arte e você pode dominá-la. Descubra como neste artigo e seja um sucesso no ramo!

Dizem que trabalhar com vendas é uma arte. Não é para menos: vender é a base do sucesso de qualquer negócio. Mesmo que a empresa não trabalhe com vendas direta, ela comercializa um serviço ou uma ideia.

Uma boa venda pode acontecer a qualquer momento: em uma ação de marketing, na reunião de equipes de liderança, na elaboração de um projeto, entre outras atividades profissionais. Por isso, é muito importante se capacitar para ser um bom vendedor.

Hoje, você vai saber um pouco mais sobre o perfil ideal para a profissão, quais cursos promovem uma boa capacitação para vendas e como conhecer o produto a ser vendido pode ser um diferencial. Acompanhe!

O perfil

Saber escutar é habilidade fundamental para quem deseja trabalhar com vendas. É ouvindo que se pode entender as necessidade do cliente, suas principais demandas e suas dores. Essas informações são essenciais para oferecer exatamente o que ele precisa e conseguir persuadir a pessoa a adquirir o produto ou serviço ou ainda, comprar a ideia.

Para ser um bom vendedor, não existe uma receita pronta. Mas, o perfil desejado é de um bom ouvinte, uma pessoa que tenha sagacidade para entender as necessidades do cliente mesmo nas entrelinhas e saiba argumentar para convencê-lo.

Clientes satisfeitos não são aqueles que tem os produtos empurrados, mas aqueles que conseguem ser convencidos pelo vendedor de que aquilo que ele vende é uma necessidade. O profissional deve sempre trabalhar no sentido de que o seu produto pode agregar valor para a experiência do comprador. 

Modalidades de venda

Confira o posicionamento mais adequado de acordo com os principais tipos de venda:

  1. Vendas diretas: Modelo clássico em que existe o contato direto entre vendedores e consumidores. Aqui, nem sempre a negociação precisa estar vinculada a um estabelecimento – ou seja, pode se tratar da venda de uma ideia ou virtual. Aqui, a principal habilidade exigida é o poder de persuasão.
  2. Vendas consultivas: Quando o vendedor se posiciona como um especialista no produto ou serviço a ser vendido. Exige do profissional estudo e treinamento para que possa prestar as devidas orientações sobre a mercadoria a ser vendida.
  3. Venda corporativa: Processos que inclui a prestação de serviços importantes, como contratos de longa duração e com valores expressivos em dinheiro. Devido à complexidade desse modelo, exige certo conhecimento em marketing e assim como a venda consultiva, estudo e treinamentos sobre o produto em negociação. 

Capacitação

Se você acredita que não detém todas as características descritas acima, não é preciso se desesperar ou desistir da profissão.

Felizmente, existem vários cursos que podem ser realizados para exaltar as qualidades do profissional e contribuir para a sua qualificação, facilitando o trabalho. Veja alguns exemplos.

Cursos de Vendas

Instituições como Senac e Sebrae oferecem cursos de vendas de alta qualidade diversas vezes ao ano. Devido à história das instituições e as boas avaliações, costumam ser bem recebidos pelo mercado, potencializando o currículo.

Além disso, não são voltados apenas aos vendedores. Muitos empreendedores, donos do próprio negócio, têm muito a aprender durante as aulas.

Faculdade de Administração

Fazer uma graduação em Administração proporciona uma grande bagagem com relação à técnicas de vendas, marketing outros conteúdos necessários para atuar em qualquer modalidade ou gerir o próprio negócio.

Depois, é possível investir em uma pós graduação para potencializar o conhecimento adquirido durante a faculdade.

Vantagens x Desvantagens

Como toda carreira, há vantagens e desvantagens. Entre as vantagens, podemos citar:

  1. Ao trabalhar de maneira autônoma ou comissionada, sua remuneração será proporcional a dedicação. Ou seja, quanto mais você produzir, maiores serão os lucros;
  2. Se optar por abrir o próprio negócio, o domínio sobre o mercado e os produtos vendidos vão auxiliar no processo de venda e, consequentemente, na lucratividade;
  3. Trabalhar com vendas também pode ser uma forma de ter uma renda extra. Há várias opções de produtos para revenda no mercado, como por exemplo, cosméticos.

Por outro lado, não há muitas desvantagens em ser vendedor. Como o rendimento está atrelado ao esforço que você faz como vendedor, partimos do princípio que o trabalho será feito com dedicação.

Como você vai acompanhar o próprio desempenho, pode se dedicar de acordo com as suas expectativas. Estabelecer metas próprias é uma boa maneira de não se decepcionar com a profissão.

Conheça sua marca e seu negócio

Trabalhar com vendas é uma profissão cada vez mais desafiadora. Mesmo aqueles que atuam há muitos anos com isso, se deparam com um mercado atual muito mais competitivo. Nesse contexto, conhecer bem o produto a ser vendido não é só requisito básico, como uma obrigatoriedade para qualquer vendedor. É preciso conhecer muito bem o que se está vendendo para conquistar o interesse do cliente.

Muitas pessoas tem a ideia equivocada de que vender significa demonstrar o produto. Na realidade, é preciso manter o foco no benefício que ele pode trazer para o indivíduo. Por isso, além de conhecer bem as vantagens do que está sendo comercializado, a capacitação e a percepção são tão importantes.

Principais setores de atuação

Se você ainda é iniciante nessa profissão, existem alguns setores de atuação mais adequados para que você possa construir uma boa carreira:

  • Empresas de vendas direta que oferecem programas de treinamento;
  • Seguradoras, empresas de vendas de consórcio, planos de saúde, concessionárias;
  • Imobiliárias;
  • Empresas de telemarketing.

As lojas em shopping também são boas opções. De acordo com matéria publicada na revista Exame, as vendas em shopping centers do Brasil cresceram mais de 9% em 2019. O período de final de ano costuma abrir novas vagas, uma verdadeira escola para quem deseja ser vendedor. Fique de olho nas oportunidades!

Trabalhar com vendas é uma profissão apaixonante e faz parte da rotina de quase todas as profissões. Mesmo que o profissional não trabalhe com a venda de um produto direto, qualquer ideia a ser defendida não deixa de ser uma venda. Portanto, mantenha-se atualizado sobre as principais técnicas dessa arte e as ferramentas que podem auxiliar nesse processo e garanta o sucesso na vida profissional.

Gostou do nosso artigo e quer conhecer mais sobre assuntos relacionados ao mundo dos negócios? Acesse nosso site para leitura e canal do YouTube para vídeos.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!