Foco nos objetivos: como alcançar em 6 dicas

Por Redação Azulis

Ao ter foco nos objetivos, você se aproxima dos melhores resultados. Veja como promover o foco no ambiente de uma empresa.

Foco nos objetivos

Manter-se focado em uma tarefa ou projeto é fundamental para o sucesso empresarial. Qualquer negócio, independentemente do tamanho e do mercado de atuação, precisa ter foco nos objetivos. São eles que permitem criar um rumo para o empreendimento, alcançar resultados positivos, entre outros benefícios que só podem ser conquistados com empenho.

Se o foco não é prioridade, o negócio pode perder receita, principalmente quando gestores e colaboradores estão sobrecarregados com distrações diárias, várias tarefas ou processos que exigem atenção.

SAIBA+AZULIS: 5 coisas que você tem que fazer no seu negócio em 2020

Para ajudá-los nesse ponto, elaboramos este pequeno texto com sugestões de como manter o foco nos objetivos. Boa leitura!

Foco nos objetivos: por que é importante?

O principal motivo para manter o foco nos objetivos é conseguir os resultados almejados. De nada adianta ter processos bem definidos, metas alcançáveis, se as pessoas envolvidas não se comprometem ou se deixam levar por distrações como celular, brincadeiras e outras questões que não influenciam seu crescimento profissional.

SAIBA+AZULIS: Indicadores de desempenho: 5 KPIs para impulsionar o negócio

Ao criar listas de prioridades e metas, é possível se concentrar melhor e se livrar daquilo que atrapalha o crescimento empresarial. Por isso, é importante refletir sobre os mecanismos que podem ajudá-lo nessa jornada, por mais complicada que pareça. 

Como ter foco nos objetivos?

Algumas práticas, quando seguidas, facilitam o foco, e isso influencia positivamente na tomada de decisão. Vamos a elas:

1. Defina seus objetivos

O passo inicial é definir, de maneira clara, realista e saudável, quais são os objetivos do negócio, de acordo com sua prioridade. O ideal é anotar em um papel, registrar no planejamento ou deixar em um lugar visível como quadro. 

O importante é que os envolvidos possam visualizá-los com frequência, para que possam refletir diariamente para não os esquecer, mesmo com toda a correria do cotidiano. 

2. Aprenda a dizer não

Busque ser claro sobre os objetivos que realmente deseja alcançar, atribuindo um grau de prioridade para cada um deles. Escolha, de acordo com seus critérios, o que é preciso fazer e faça uma lista de tarefas. 

O melhor, nesse momento, é não dar tanta importância aos objetivos que não trarão resultados expressivos para o empreendimento.

Nesse sentido, é preciso aprender a delegar ou atribuir tarefas que já não fazem parte das prioridades, ou seja, deixar de lado o que não é mais importante para sua meta é tão importante quanto saber quais tarefas são mais importantes para o negócio

O ideal é definir as ações essenciais para completar durante o expediente ou 3 ou 4 objetivos para serem desenvolvidos no decorrer da semana.

Quando uma tarefa não tem importância para o processo como um todo, não tenha receio de dizer “não, obrigado”. Isso vai lhe render mais tempo e recursos para se comprometer com as ações que realmente importam.

3. Coloque o seu plano em prática

Agora que já definiu os objetivos, sua prioridade e deixou de lado aquilo que representa desperdício de recursos, o passo seguinte é colocá-los em prática. O intuito aqui é definir quais processos serão conduzidos para chegar até eles e como esses processos serão conduzidos. 

As ações podem ser simples ou mais complexas, daí a necessidade de definir como serão conduzidas, quem será o responsável e o prazo para que sejam concluídas.

Uma análise um pouco mais profunda, a partir da sua realidade, dados que possui e experiência vão ajudá-lo nessas questões.  

4. Evite multitarefas

Essa sugestão vale tanto para gestores quanto para colaboradores. Fazer várias coisas ao mesmo tempo ou alternar rapidamente entre mais de uma tarefa é o oposto de foco. Por isso, é tão importante definir prioridades e se envolver totalmente com elas. 

Antes de passar para uma nova tarefa ou processo, faça uma pausa intencional, respire fundo e avalie como a ação anterior foi executada. Ela foi concluída com sucesso? Qual o peso em relação à operação como um todo? Consumiu mais tempo do que o planejado? 

5. Mantenha a organização

É comum deixarmos nossa mesa bagunçada, com papéis fora de ordem ou mesmo arquivos no computador em pastas que só nós sabemos onde estão. Tudo isso faz com que percamos o foco, afinal, perdemos tempo para encontrar coisas importantes, o que influencia nos resultados

A organização no ambiente empresarial influencia a organização mental, e isso é fundamental para que colaboradores consigam manter o foco nos objetivos que exigem maior esforço. 

Portanto, crie hábitos para manter a organização como padrões para arquivos, estabeleça critérios para a disposição de materiais e insumos, entre outros processos para mantê-los em ordem.

Quando cada coisa está em seu devido lugar, as pessoas passam a se sentir no controle, para que possam acessar informações importantes com maior facilidade e assertividade. 

6. Crie métodos para aumentar a força de vontade

Foco requer autocontrole e a capacidade de resistir às tentações.

Logo, é importante desenvolver métodos eficazes para aumentar a força de vontade das pessoas que atuam na companhia. O intuito é que elas tenham consciência do que precisam fazer e quando fazer, independentemente de seus pensamentos e emoções.

Em geral, não precisamos acompanhar e dar atenção a todo pensamento e emoção. Podemos nos sentar com nossas ideias sem nos deixarmos ser levados por elas.

Quando aprimoramos nossa força de vontade, conseguimos manter o foco, ao invés de nos distrairmos com a vibração mental e sentimentos indesejados.

Por que mesmo pequenos negócios devem ter metas e objetivos?

Como mencionado no início do texto, ter objetivos proporciona um rumo ao negócio, um caminho a ser seguido por todos os envolvidos. Mais do que isso, cria um costume no âmbito organizacional. Os colaboradores sabem o que precisam fazer, quando fazer e onde vão chegar com cada processo. 

Empresas que não traçam metas podem sofrer com problemas no futuro, seja por falta de recursos, seja por não conseguirem entregar aquilo que precisam no decorrer de sua jornada. Portanto, empresários e colaboradores precisam ter foco nos objetivos e persistência no trabalho para conseguir atingir o sucesso no mercado em que atuam.

Gostou do artigo? Aproveite e leia também este post que trata sobre os desafios e oportunidades do MEI. 

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!