Impacto do coronavírus nas datas comemorativas: o que esperar para o seu negócio

Por Redação Azulis

O impacto do coronavírus nos pequenos negócios é preocupante, mas há maneiras de sobreviver à crise. Veja como se preparar.

Impacto-do-coronavírus-nos-pequenos-negócios

O impacto do coronavírus nos pequenos negócios pode ser fatal, mas há maneiras de contornar a queda nas vendas e sobreviver à crise. Nesse momento, os pequenos empreendedores precisam entender as mudanças no mercado e buscar soluções para manter a empresa até o fim da quarentena.

Entre as alternativas, estão as vendas online e a adaptação dos produtos às novas necessidades. Para ajudar você a superar o impacto do coronavírus nos pequenos negócios, fizemos uma pesquisa exclusiva sobre novos hábitos dos consumidores para datas comemorativas. Confira!

Por que o impacto do coronavírus nos pequenos negócios preocupa

O impacto do coronavírus nos pequenos negócios é preocupante, pois atinge os empreendedores mais vulneráveis que são a base da economia brasileira. Hoje, as micro e pequenas empresas representam nada menos que 99,1% do total de negócios registrados no país, totalizando 12 milhões de empresas, segundo dados do Sebrae publicados na Agência Brasil, em 2019.

Em momentos de crise, esses pequenos empreendedores são os que mais sofrem com a falta de caixa, dificuldade de acesso ao crédito e alto risco de falência. Mas nada se compara à paralisação econômica causada pela pandemia da Covid-19, que já derrubou o PIB brasileiro em 1,5% só no primeiro trimestre de 2020 (IBGE).

Com esse cenário, o impacto do coronavírus nos pequenos negócios deve ser levado a sério — e os empreendedores da categoria precisam se preparar para enfrentar uma das maiores recessões da história.

SAIBA+AZULIS: Coronavírus: 7 ações para pequenos negócios se prepararem para a crise

Como o coronavírus impacta as vendas nas datas comemorativas

Um dos principais impactos do coronavírus nos pequenos negócios é a queda das vendas em datas fundamentais para sua sobrevivência. Isso porque grande parte dos pequenos empreendedores depende das datas comemorativas para alavancar suas vendas durante o ano, e vários focam em nichos específicos para atender consumidores no Dia das Mães, Páscoa, Dia dos Namorados e Natal, por exemplo.

Com o isolamento social e fechamento das lojas, as pessoas estão contendo gastos, buscando formas de comemorar à distância (pela internet) e presentear sem sair de casa. Por isso, os negócios menores que estão de portas fechadas precisam se adaptar ao novo cenário rapidamente.

No Dia das Mães 2020, foi estimada uma queda histórica de quase 60% nas vendas devido à quarentena, de acordo com dados da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) publicados na Agência Brasil. Na Páscoa, a queda foi de 31,6%, ou R$ 738 milhões, em relação a 2019 (CNC).

Agora, a próxima celebração que deve apresentar queda expressiva nas vendas é o Dia dos Namorados, conhecido como a terceira data mais importante do varejo.

SAIBA+AZULIS: Gestão de crise empresarial: o que é e como fazer?

4 impactos do coronavírus nos pequenos negócios e como superá-los

Para ajudar você a superar o impacto do coronavírus nos pequenos negócios, fizemos uma pesquisa para entender a mudança nos hábitos dos consumidores, com foco no Dia dos Namorados.

Para começar, 53,5% das pessoas pretendem comemorar a data virtualmente, utilizando principalmente o WhatsApp (79,8% da preferência), enquanto 33,8% vão se encontrar pessoalmente com o companheiro e 12,7% não vão celebrar a data.

Veja quais serão as principais mudanças e como lidar com elas.

1. Queda drástica para os prestadores de serviços

Os prestadores de serviços são os impactados pelo coronavírus no Dia dos Namorados, como mostram os resultados da pesquisa da Azulis:

  • Queda de 28,5% para 6,32% no número de pessoas que pretendem ir ao cinema
  • Queda de 18,3% para 5,95% no número de pessoas que pretendem passar a noite em um hotel
  • Queda de 16% para 5,8% no número de pessoas que pretendem viajar a dois
  • Queda de 30% para 5,7% no número de pessoas que pretendem jantar em um restaurante.

Em vez de fazer esses programas tradicionais, os casais vão optar por assistir lives (37,3%), assistir séries e filmes (48,6%) e fazer jantares em casa (38,3%).

2. Aumento expressivo das vendas online

Conforme esperado, as compras online dispararam com o impacto do coronavírus: 43,7% dos casais pretendem comprar o presente de Dia dos Namorados pela internet (eram 21,1% em 2019). Ao mesmo tempo, o número de pessoas que pretende comprar o presente em uma loja local caiu de 28,4% para 13,27%.

Ou seja: quem não vende online vai ter dificuldades em manter o negócio durante a quarentena — daí a importância de consolidar sua empresa na internet.

3. Queda em setores tradicionais do comércio

Outro dado alarmante da pesquisa é a queda em setores tradicionais do comércio para o Dia dos Namorados, com a mudança no tipo de presente escolhido pelos consumidores:

  • A porcentagem de pessoas que pretendem presentear com roupas caiu de 33,2% para 15,9%
  • A porcentagem de pessoas que pretendem presentear com flores caiu de 11,5% para 8%.

Logo, as pequenas empresas de vestuário e floriculturas devem ter uma queda significativa nas vendas, e precisam buscar alternativas nessa data.

4. Tendência DIY nos presentes

Uma das oportunidades mostradas pela pesquisa é o aumento expressivo de pessoas que pretendem fazer o próprio presente de Dia dos Namorados com técnicas DIY (Do It Yourself, ou Faça-Você-Mesmo): de apenas 8,1% em 2019 para 18,4% em 2020.

Para os pequenos negócios, é uma chance de aumentar as vendas comercializando insumos para presentes artesanais e produtos personalizados. Lembrando que, apesar das mudanças no consumo, as pessoas pretendem manter o valor gasto com o presente em 2019: 22,6% vão gastar até R$ 60,00 e 27% entre R$ 60,00 e R$ 120,00.

E então, você está pronto para o impacto do coronavírus nos pequenos negócios? Use a pesquisa para se planejar e aproveite as soluções da Azulis para ganhar fôlego e superar a crise.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!