Como montar um plano de negócio?

Por Redação Azulis

Saiba agora mesmo como montar um plano de negócio para sua empresa e aproveite todas as vantagens de analisar diferentes aspectos do seu empreendimento.

plano-de-negócio

Saber como montar um plano de negócio é uma etapa essencial para qualquer empresa. Afinal de contas, é por meio dele que você será capaz de analisar diversos aspectos do seu empreendimento.

Entretanto, na hora de colocar a mão na massa, sempre aparecem dúvidas, não é mesmo? Para te auxiliar nessa tarefa, a Azulis preparou um artigo com as principais dicas para que você elabore o seu plano de negócios. Vamos lá?

Plano de negócios: do que estamos falando?

O plano de negócios consiste basicamente em um documento que descreve quais são os objetivos de uma empresa. Além disso, ele também irá descrever as medidas que serão tomadas para que os objetivos sejam alcançados.

Dessa forma, a empresa consegue minimizar possíveis problemas e contratempos que possam surgir ao longo do caminho. Assim, todos os pontos podem ser pensados antes de o negócio começar, o que diminui significativamente os riscos.

A maioria das pessoas acredita que montar um plano de negócio é algo para quem está começando uma empresa. Entretanto, isso não é verdade. O plano de negócio também é fundamental para quem está expandido o empreendimento porque a ferramenta pode auxiliar em:

  • Organização das ideias;
  • Cálculo do capital necessário;
  • Convencimento de sócios e novos investidores;
  • Orientação dos passos a seguir.

Como montar um plano de negócio?

Como você deve ter percebido, um plano de negócio envolve muitas etapas, muito planejamento e envolvimento por parte dos envolvidos. Para ajudar os empresários, o Sebrae criou um manual gratuito de como elaborar um plano de negócios.

Nos próximos parágrafos, mostraremos em detalhes os principais pontos do plano. Mas, de um modo geral, ele deve ter:

  • Sumário executivo;
  • Análise de mercado;
  • Plano de marketing;
  • Plano operacional;
  • Plano financeiro;
  • Construção de cenários;
  • Avaliação do plano.

SAIBA+AZULIS: Análise ambiental de empresa: quando e como fazer

Você precisa conhecer o seu mercado

Essa é a etapa em que você irá conhecer o mercado no qual a sua empresa irá atuar. E ela consiste em três etapas de análise: clientes ou público-alvo, concorrentes e fornecedores.

Entender o público-alvo é o primeiro passo para que você consiga chegar até ele. É preciso definir quais os problemas (ou necessidades) que o seu cliente possui e como você irá fazer para resolver esse problema. Nessa etapa, é preciso definir ainda qual é o perfil completo do cliente, seja ele pessoa física ou jurídica.

Na análise dos concorrentes, você poderá entender como funcionam as empresas que oferecem serviços ou produtos semelhantes. Assim, ficará mais fácil você se destacar no mercado e oferecer algo diferente do que já existe.

E, claro, conhecer os fornecedores e negociar quais as empresas que poderão oferecer as melhores mercadorias pelos melhores preços. É nessa etapa também que você conseguirá ter grandes aliados e trabalhar com empresas que possuem missões semelhantes à do seu negócio.

SAIBA+AZULIS: Como administrar uma empresa do jeito certo

Você e seus colaboradores precisam entender a sua empresa

O processo de montar um plano de negócio inclui também conhecer bem a empresa. Nesse momento, será preciso definir a missão, a visão e os valores da organização. Além disso, é fundamental que eles sejam comunicados de forma efetiva tanto para os colaboradores, por meio da comunicação interna, quanto  para os clientes e fornecedores, por meio de uma comunicação externa eficiente.

É durante essa etapa da elaboração do plano que será preciso definir qual ou quais serão as fontes de recursos e de receita. Ou seja, de onde virá o dinheiro para que a empresa comece a funcionar ou para que a expansão ocorra. As principais fontes de capital costumam ser: proprietário(s) da empresa, investidores externos ou empréstimos de instituições financeiras.

Seu público-alvo precisa conhecer a sua empresa

A estratégia de marketing que será utilizada também deve ser traçada no momento de montar o plano de negócios. Ela deve incluir diversos pontos, tais como:

  • Identidade visual da empresa;
  • Como os produtos serão lançados;
  • Quais serão os métodos de venda dos produtos e/ou serviços;
  • Como será a prospecção de novos clientes;
  • Como serão feitas as adaptações dos produtos e/ou serviços frente ao mercado.

Nesse momento, é fundamental utilizar as informações adquiridas durante a análise de mercado. Afinal, diferentes públicos-alvo exigem diferentes estratégias de divulgação e de captação de novos clientes.

Como será a estrutura da sua empresa?

O plano de negócio deve conter também uma descrição de qual será a estrutura da empresa. Isso inclui definir um plano:

  • Financeiro: definir uma estimativa de custos iniciais, receitas, despesas, lucros, fluxo de caixa e capital de giro;
  • Jurídico: microempreendedor individual (MEI), empresário individual, empresa individual de responsabilidade limitada (EIRELI), sociedade limitada ou outro tipo;
  • Tributário: o enquadramento tributário irá depender basicamente do tipo de empresa que será aberta e se a empresa se enquadra ou não no Simples Nacional. Empresas que se enquadram nessa categoria possuem a isenção de diversos impostos, caso contrário, será necessário arcar com custo de ICMS, IRPJ, PIS, COFINS, ISS, entre outros.
  • Operacional: as vendas serão feitas por meio de lojas físicas, pela internet ou das duas formas; como será a entrega para os clientes; qual a estrutura mínima que a empresa precisa para operar;
  • Infraestrutura: havendo loja física, onde ela estará localizada; se o escritório estará locado no mesmo lugar; equipamentos necessários, pessoal necessário.

É importante mencionar que todo plano de negócio deve conter também uma etapa de avaliação do plano. A revisão periódica desse material é importante porque ela permitirá que você consiga fazer as adaptações necessárias caso haja alguma mudança no mercado, sejam elas novas oportunidades ou ameaças à sua empresa.

Resumo executivo ou pitch

Agora que você já sabe como montar o plano de negócios para a sua empresa, chegou o momento de preparar um resumo executivo. Isso significa colocar todas as informações no papel. Assim, elas podem ser utilizadas tanto para guiar as decisões gerenciais, como para fazer a apresentação do negócio para potenciais investidores e parceiros.

Lembre-se de que um plano de negócios bem elaborado pode fazer a diferença no sucesso da sua empresa.

Fique de olho no site da Azulis e veja mais dicas de como cuidar melhor do seu negócio.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!