Como montar uma creche: o que você precisa saber

Por Redação Azulis

Você está pensando em empreender no nicho da educação infantil, mas não sabe como montar uma creche? Confira aqui tudo que é preciso para esse negócio!

Como-montar-uma-creche

Você gosta do segmento educacional infantil e também vê potencial nesse empreendimento? Nesse caso, considere entender como montar uma creche e se tornar um empreendedor de sucesso.

Afinal, na correria do dia a dia, é comum que os pais trabalhem o dia todo e busquem locais seguros para deixar seus filhos, certo?

Diante desse cenário, pesquisas mostram que mais de 70% dos pais reconhecem a importância de um local de socialização, criação de vínculos e desenvolvimento de habilidades, ou seja, vantagens proporcionadas pela creche.

Leia neste artigo tudo que você precisa saber sobre como montar uma creche!

Como montar uma creche: análise de mercado

Começar um negócio na área da educação, assim como qualquer empreendimento, exige muita pesquisa e preparo. É preciso entender bem esse mercado, além de ter perfil e afinidade com ele. Comece analisando as seguintes informações do ramo para saber como montar uma creche:

Cenário e atuação

As creches são a principal escolha das famílias que precisam trabalhar, principalmente depois do aumento da participação das mulheres no mercado de trabalho.

É importante conhecer o escopo específico da atuação de uma creche.

De acordo com o Conselho Nacional de Educação (CNE), a creche é aquela que oferece Educação Infantil para crianças de até 3 anos de idade. Acima disso (até 5 anos), a definição passa a ser de Pré-escola.

Segundo dados de 2017 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem mais de 11,8 milhões de crianças de 0 a 3 anos no país. Apenas 3,1 milhões delas estão matriculadas em creches – o equivalente a só 26% do público total, o que mostra quanto este mercado ainda pode crescer.

Local adequado

A escolha do local para a instalação da sua creche é um dos fatores mais importantes para determinar o sucesso do empreendimento. Antes de sair procurando, defina bem o seu público-alvo para conhecer a renda e os hábitos de consumo das famílias que você quer atender com seu negócio.

Assim, você inicia a busca por bairros e prédios em regiões onde esse público se concentra. Chegando à região ideal, procure por imóveis bem localizados – nas principais ruas e avenidas –, fáceis de acessar, com estacionamento, segurança e uma boa infraestrutura.

Não se esqueça de verificar se o imóvel está regularizado junto aos órgãos públicos municipais.

Normas de segurança

Na escolha do ponto de instalação da creche, também é preciso observar a legislação vigente, que prevê normas e condições de segurança para garantir o bem-estar das crianças. Para isso, as instalações devem ser de fácil acesso e com boa exposição solar, longe de poluição e ruídos.

O local deve ter ventilação e iluminação de qualidade, móveis específicos – com proteção ou quinas arredondadas, trancas nas gavetas e protetores de tomadas. Deve ainda ter um espaço de recreação descoberto, com parquinhos e áreas de lazer respeitando as normas da ABNT, entre outras especificações da lei.

Concorrência

Agora que você definiu o local adequado, fique atento à concorrência na região em que instalará sua creche. Faça um levantamento de escolas infantis, berçários, creches estaduais e municipais, ou seja, todas que oferecem o mesmo serviço que você, ao mesmo público.

Vale organizar visualmente essa informação, localizando em um mapa da região onde está instalado cada um dos seus concorrentes. Também é importante fazer uma lista desses locais para classificá-los quanto às suas estratégias, aos seus pontos fortes e fracos, aos valores praticados, e incluir seus diferenciais em relação a eles.

SAIBA+AZULIS: Google Meu Negócio: saiba como colocar sua empresa no mapa

Planejamento para esse negócio

Fazer um bom plano de negócios é a principal dica de como montar uma creche. Um planejamento detalhado irá direcionar as suas ações enquanto gestor, levantando dados, custos e investimentos, estabelecendo estratégias e metas concretas a curto, médio e longo prazo.

Também é essencial ter um bom planejamento para estabelecer a precificação ideal do negócio – como o valor da mensalidade, por exemplo, item decisivo na escolha de compra dos clientes.

Veja tudo que você deve considerar nesse planejamento:

Equipe

Para abrir uma creche é necessário contar com uma equipe especializada de profissionais, entre eles:

  • Direção com formação em pedagogia com habilitação em administração escolar
  • Docentes com formação em nível superior
  • Educadores assistentes
  • Recreadores com ensino médio e cursos específicos na área
  • Auxiliares/estagiários do curso de pedagogia
  • Funcionários administrativos
  • Merendeiras e Auxiliares de serviços gerais
  • Médico pediatra
  • Técnico ou Auxiliar de Enfermagem
  • Nutricionista

Para as funções de médico e nutricionista, é permitido pela legislação que sejam contratados profissionais terceirizados.

É importante também que os profissionais atuantes na creche e que têm contato diário com as crianças recebam treinamentos contínuos e participem de programas de aperfeiçoamento profissional, para garantir a qualidade do ensino e do serviço prestado de maneira geral.

Equipamentos e materiais

Basicamente, o espaço de uma creche pequena deve conter:

  • Balcão para atendimento
  • Cadeiras e mesas escolares, armários, estantes
  • Berços, colchões e colchonetes
  • Jogos e brinquedos pedagógicos, softwares educativos, material didático e paradidático, livros infantis
  • TV ou projetor, aparelho de DVD ou blu-ray
  • Computadores
  • Móveis e equipamentos para o refeitório, apropriados para crianças pequenas
  • Higienizadores de mamadeiras
  • Esterilizadores e umidificadores de ar
  • Tela de proteção para janelas
  • Equipamentos para cozinha
  • Equipamentos, móveis e utensílios para a secretaria (telefone, impressora, máquina de cartão, armários e gaveteiros, entre outros)

Custos fixos e variáveis

O levantamento de custos é um dos itens principais do seu planejamento. O ideal é que você monte uma planilha orçamentária e inclua nela todos os custos desde a abertura da empresa até os gastos fixos e variáveis que terá mensalmente, incluindo reservas de emergência e projeção de receitas.

Segundo levantamento do SEBRAE, estima-se que o investimento inicial para montar uma creche pequena (até 50 crianças) gire em torno de R$ 214 mil, considerando custos de formalização da empresa, compra de equipamentos e materiais, mobiliário, reformas e adaptações do imóvel, capital de giro e marketing.

Já o lucro médio de uma creche pode chegar a 30% do valor do faturamento da empresa, dependendo de como é administrada.

SAIBA+AZULIS: Como montar um plano de negócio?

Afinal, o que é preciso para formalizar?

Uma das principais dúvidas sobre como montar uma creche é em relação às exigências legais do negócio.

Por envolver uma grande responsabilidade – o cuidado com as crianças e a educação infantil –, há inúmeras exigências e normas dos órgãos públicos para a abertura e o funcionamento de uma creche. Mas nada que não seja possível fazer acontecer com um pouco de organização e planejamento. Veja como começar:

Exigências legais

Para iniciar qualquer negócio, é preciso abrir uma empresa com CNPJ. Para isso, contrate um profissional ou escritório de contabilidade que irá regularizar a empresa na Junta Comercial, Receita Federal, Secretaria Estadual de Fazenda, Sindicato e Caixa Econômica Federal.

Feita a formalização da empresa, você deve providenciar o alvará de funcionamento (Prefeitura) e do corpo de bombeiros, certificações da vigilância sanitária, plano de educação, habilitação do diretor e proposta pedagógica. Toda a documentação deve ser entregue à Secretaria Estadual de Educação até 120 dias antes da abertura da creche.

Se os documentos estiverem corretos e a fiscalização comprovar as informações, a Secretaria enviará um relatório ao Conselho Estadual de Educação, que autorizará a abertura da unidade.

O artigo foi útil para você? Continue lendo os conteúdos da Azulis e conheça os mitos e verdades sobre abrir o próprio negócio.

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!