Como sair do vermelho: guia para botar as contas da empresa em dia

Por Redação Azulis

Tem dívidas que atrasam o crescimento do negócio? Veja como sair do vermelho e ficar com as finanças em dia.

Como sair do vermelho

Para quem tem dívidas em atraso, aprender como sair do vermelho é uma questão de primeira ordem. E isso vale ainda mais se os débitos em questão estão relacionados a um negócio, que não raro fecha as portas justamente por problemas financeiros.

Mas se essa é a sua preocupação no momento, preparamos um guia com tudo o que você precisa fazer para colocar as contas da empresa em dia.

Você vai entender que, com organização e tranquilidade, essa má fase vai passar rápido e, logo, seu negócio vai sair do vermelho e voltará a crescer.

Como sair do vermelho na empresa: passo a passo

Para começar, respire fundo. Seu empreendimento não é o único que está com dificuldades de pagamento nas contas.

Veja, por exemplo, os dados divulgados pelo Serasa Experian: o balanço aponta que mais de 6 milhões de micro e pequenas empresas se encontram inadimplentes no Brasil.

Ou seja, os empresários brasileiros enfrentam um verdadeiro desafio para manter suas obrigações financeiras em dia, e, aqueles que não conseguem, tentam descobrir como sair do vermelho e quitar as dívidas pendentes.

Siga o passo a passo que preparamos para ser bem-sucedido nessa jornada!

1. Organize suas contas

Antes de qualquer coisa, é imprescindível organizar as suas contas. Somente conhecendo todas as entradas e saídas de dinheiro da sua empresa é que será possível avaliar com assertividade o que está acontecendo.

Dessa forma, elabore um fluxo de caixa para os próximos meses com as previsões de receitas (à vista e a prazo), além das despesas fixas e variáveis do negócio.

Procure organizar o histórico financeiro da empresa com as contas dos últimos meses. Além disso, projete um fluxo de caixa o mais realista possível – tanto em recebimentos quanto em pagamentos a realizar.

Essa etapa é uma das que precisam de mais tempo, mas é um compromisso seu. Entenda que não há como sair do vermelho sem se dedicar à gestão financeira.

2. Identifique o problema

Com as contas organizadas, tudo fica muito mais claro. Nesse ponto, será possível analisar melhor a real situação financeira da empresa e, então, identificar qual o problema nas contas.

Afinal, por que você está no vermelho? Será a inadimplência dos clientes? Ou as receitas estão caindo? Os gastos aumentaram muito? Talvez os juros pagos estão altos demais?

Cada empresa é diferente e tem suas particularidades. Portanto, avalie cuidadosamente os números do seu negócio se quer colocar a empresa em dia com suas obrigações.

E não será possível promover os cortes que vão aliviar o caixa se você não souber exatamente onde precisa cortar.

3. Busque soluções

Depois que o problema foi descoberto, é hora de encontrar sua solução. Como vimos, podem ser várias as causas da dificuldade financeira, e, da mesma forma, existem diferentes maneiras para resolver o problema.

Para a inadimplência da clientela, por exemplo, o empreendimento pode tentar uma negociação com os devedores. No caso de receitas em queda, talvez seja necessário reestruturar o processo de vendas.

Quando as contas estão atrasando, um corte de custos e despesas é recomendado, de modo geral. E, ainda, no caso de juros muito altos, o empreendimento pode buscar outras opções no mercado.

Aqui mesmo, na Azulis, você pode conhecer e comparar diferentes linhas de crédito, inclusive para quitar dívidas maiores.

Então, estude cuidadosamente a situação da sua empresa, pense em todas as soluções para reorganizar as suas contas e volte a crescer.

4. Renegocie dívidas

Com as contas em atraso, não dá para ficar sossegado, não é mesmo? Mas é importante buscar a tranquilidade e não tomar decisões precipitadas.

Isso você consegue ao cumprir os passos anteriores, entendendo como sair do vermelho a partir de uma estratégia bem construída.

A renegociação das dívidas só deve vir depois que você organizou as contas da empresa, identificou o problema e, por fim, encontrou a solução.

Agora, sim, você deve entrar em contato com seus credores e solicitar propostas para modificar os valores em débito.

Afinal, sua empresa já tem uma projeção da capacidade real de pagamento para os próximos meses. Então, avalie todas as propostas (com valores, prazos e juros) e analise a ordem de prioridade de cada uma delas. Traga o poder de pagamento para as suas mãos.

5. Mantenha as contas em dia

Já entendeu como sair do vermelho? Ótimo! Agora, trate de não voltar para lá.

Depois de todas essas etapas, você será capaz de manter as contas da empresa em dia. Tenha disciplina e organize as finanças do negócio para voltar a crescer.

Quer escolher o empréstimo com as taxas mais baixas?

Confira nossas dicas neste GUIA exclusivo! Política de Privacidade

Acesse seu E-mail para baixar o conteúdo.

Vale a pena um empréstimo para sair do vermelho?

Para saber se vale a pena tomar um empréstimo para desafogar as contas do negócio, você deve passar por todas as etapas que vimos anteriormente.

Só assim terá a clareza para descobrir, por exemplo, a urgência de quitação de algumas contas. Além disso, estará ciente dos valores cobrados pelos credores. Aí, então, você deve fazer uma pesquisa detalhada sobre a oferta de empréstimos no mercado financeiro.

Tome nota das parcelas e dos juros cobrados, conhecendo o Custo Efetivo Total (CET) praticado.

Quando os juros do empréstimo forem menores do que os valores dos seus credores, vale a pena buscar crédito e trocar uma dívida por outra.

SAIBA+AZULIS: CNPJ negativado: é possível conseguir um empréstimo?

O que fazer para não entrar no vermelho

Organização, planejamento e disciplina são a base para manter a gestão financeira do seu negócio em dia! Somente com bom conhecimento das contas da sua empresa é que você não só se afasta do vermelho, como finca sua bandeira no azul.

A Azulis é sua parceira nesse projeto, trazendo informação de qualidade no portal de conteúdo Vida de Dono. Lá, você aprende como sair do vermelho e vê dicas para sua empresa crescer e decolar.

Com a gente, você descobre que empreender pode ficar muito mais fácil.

SAIBA+AZULIS: CPF negativado? Veja se é possível tomar um empréstimo

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!