Forças de Porter: conheça quais são e como usar no mercado

Por Redação Azulis

Saiba mais sobre as forças de Porter, um modelo de análise competitiva que pode ser essencial para o seu negócio.

quais-sao-as-forcas-de-porter

As Forças de Porter são princípios excepcionalmente importantes para garantir que as empresas sobrevivam e se mantenham relevantes no mercado. Este é um modelo desenvolvido por Michael Porter, para analisar a concorrência do mercado e o poder em situações de negócio.

Para inteirá-lo sobre essa estratégia, trazemos este artigo que explica quem foi Michael Porter, quais são as cinco forças que ele descreve, o que é competitividade de mercado, como aplicar esse conceito na prática e, no fim, como a Azulis te ajudará nesse processo. Boa leitura!

Quem foi Michael Porter?

Michael Porter é um professor da Harvard Business School nas áreas de administração e economia. Ele tem 72 anos e é fundador da Monitor Group, que é parte do grupo Monitor Deloitte.

Ele conseguiu ainda mais visibilidade, após lançar um artigo denominado “As cinco forças competitivas que moldam a estratégia” em 1979, bastante conhecido pelos profissionais da área de marketing, economia e administração.

No ano de 1989, ele lançou o livro “As Vantagens Competitivas das Nações”, publicação que o tornou consultor de empresas de diversos países.

Quais são as Forças de Porter?

Quais são as cinco Forças de Portar?

As forças consistem em uma análise completa, que inclui estudo sobre concorrentes, clientes, fornecedores, produtos e serviços. Confira a explicação dessas forças a seguir.

Força 1 — Ameaça de serviços e produtos substituídos

Existem produtos ou serviços que podem ser usados em diferentes categorias e que substituem outro produto existente no mercado. Eles são chamados de substitutos e fazem com que sua fatia de mercado seja reduzida.

Por exemplo, com o passar do tempo, os smartphones se tornaram excepcionalmente avançados e incluem funções de computadores. Há muitos sistemas de gestão e outros aplicativos que podem ser usados por meio de celulares e tablets, o que antes só era possível por computadores.

Para solucionar esse problema e se manter relevante no mercado é necessário inovar. Desenvolvendo soluções inovadoras para satisfazer as necessidades dos seus clientes.

Força 2 — Ameaça de entrada de novos concorrentes

A segunda força consiste no aumento de players (empresas concorrentes) de um determinado segmento. Um mercado crescente, de fácil entrada e atrativo poderá ser alvo de novos concorrentes. Se as organizações desejam se manter relevantes, elas precisam criar diferenciais ou atrair um nicho específico.

Por exemplo, melhorar a qualidade do atendimento, reduzir preços, alterar as características do produto, trazer melhor experiência ao cliente, entre outras estratégias são excelentes alternativas.

Força 3 — Poder de negociação com fornecedores

Essa força consiste na capacidade da empresa de negociar as condições de pagamentos com seus fornecedores. Quanto menor for o número de fornecedores, menor será o seu controle, já que os primeiros estarão em uma melhor posição para definir os prazos, preços e condições.

Quando há mais fornecedores, você tem maior poder de negociação e mais opções para contratar aquele que melhor atende suas necessidades. O administrador precisará estudar o mercado de fornecedores antes de abrir um novo negócio, mudar de ramo ou expandir suas atividades.

Força 4 — Poder de barganha com clientes

O poder de negociações com os clientes segue a mesma lógica da força anterior: quando há poucas empresas que satisfazem as necessidades dos clientes, as primeiras terão maior controle sobre as negociações.

A empresa pode entrar em mercados com mais público e menos concorridos, ou então, oferecer soluções únicas ou diferenciais vantajosos para seus clientes, assim eles estarão dispostos a arcar com preços mais altos e aceitar outras condições.

Força 5 — Rivalidade entre os concorrentes

A rivalidade entre os concorrentes consiste no nível de competição entre as empresas de mercado. Em um mercado saturado — com muitos players —, as empresas disputam por um número de clientes limitados. Quando isso ocorre, as margens de lucros serão menores, há constante necessidade de inovação, diferenciais são criados e gastos são reduzidos.

No entanto, há mercados com poucos concorrentes, o que torna a gestão do empreendimento mais fácil e aumenta suas chances de ser bem-sucedido.

SAIBA+AZULIS: Capital de giro líquido: saiba o que é e como calcular

O que é a competitividade de mercado?

Há gestores que acreditam que basta estar no mercado e oferecer um produto que conseguirá ter sucesso, o que é um erro. Quando duas ou mais empresas que oferecem serviços e produtos similares, bem como disputam pelos mesmos consumidores, nasce a competição.

Diante disso, a empresa deve ter um diferencial que faça com que o público prefira seus serviços e produtos. Porter traz três abrangentes estratégias competitivas que podem ser implementadas por organizações de qualquer segmento. Veja-as:

  • diferenciação: consiste no desenvolvimento de soluções que diferenciem a empresa da concorrência; aumentando a percepção de valor pelos clientes;
  • foco: a organização altera seus produtos e serviços para atender um nicho específico,
  • liderança de margem: a empresa reduz os seus custos, fazendo com que ela aumente os lucros ou torne seus preços mais competitivos.

Como esse metódo de análise pode ser útil para a sua empresa?

Na prática, a análise é feita realizando perguntas sobre o mercado em que você  se encontra. Elas são relacionadas às forças e trazem respostas para aumentar sua competitividade. Veja-as abaixo.

Como se dá a rivalidade entre concorrentes?

O primeiro passo é analisar as empresas que buscam o mesmo público que o seu. Para isso é necessário:

  • pesquisar os seus concorrentes diretos;
  • conferir se eles se agruparam (firmaram parcerias);
  • ver se os concorrentes estão consolidados;
  • investigar os diferenciais competitivos dos concorrentes.

Quais são os produtos que podem substituir os seus?

Mesmo que você tenha um produto ou serviço que inicialmente seja inovador, é possível que surjam outras empresas que ofereçam soluções similares ou melhores. O que torna necessário estar sempre se atualizando sobre o surgimento de concorrentes e novidades do mercado.

É possível dificultar a entrada de novos players?

Há diversas estratégias que podem ser usadas para dificultar o surgimento de concorrentes, como:

  • patentear suas invenções ou modelos de utilidade;
  • firmar contratos de exclusividade;
  • fortalecer sua marca.

Qual é o poder dos clientes?

Para aumentar seu poder de negociação, você pode entrar em um mercado com poucos concorrentes ou expandir seu público-alvo, o importante é que você não dependa de poucos consumidores.

Como que a Azulis ajudará você nesse procedimento?

Atualmente, é excepcionalmente difícil sobreviver no mercado sem o auxílio da tecnologia, já que as inovações permitem que ela reduza seus custos, melhore a experiência do cliente e minimize as burocracias, por exemplo.

A Azulis é uma empresa tecnológica e moderna que oferece maquininhas de cartão, serviços de pagamento e suporte completo aos Microempreendedores Individuais (MEI).

A empresa nasceu com o objetivo de simplificar a vida do empreendedor e se dedicar no crescimento do seu negócio. Ela alcança esse objetivo, ao oferecer um sistema com interface amigável intuitiva e simples de usar.

Com o apoio da Azulis, você terá em suas mãos as ferramentas necessárias para obter uma liderança de margem e lucro, bem como criar um diferencial competitivo ao melhorar a experiência do cliente.

Quando o empreendedor analisa seu negócio por meio das Forças de Portar, ele consegue tomar as melhores decisões para aumentar sua competitividade e, consequentemente, garantir o seu sucesso no mercado.

Se você tem o próprio negócio ou pensa em empreender, a Azulis é o lugar certo. Na nossa plataforma, você encontra soluções gratuitas que ajudam a construir o sucesso

da sua empresa, como o comparador de maquininhas e o lembrete do DAS MEI.

A Azulis também conta com o Vida de Dono, um portal de conteúdo onde você encontra dicas, conhece histórias inspiradoras e tira dúvidas sobre temas essenciais do mundo do empreendedor.

 

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!