Liderança e gestão de pessoas: como praticar na sua empresa

Por Redação Azulis

Liderança e gestão de pessoas reúnem práticas capazes de extrair o melhor do time. Veja como aplicar na sua empresa.

Liderança-e-gestão-de-pessoas

Em qualquer empresa que queira crescer de maneira sustentável, liderança e gestão de pessoas precisam andar de mãos dadas. Afinal, a dupla vai garantir o incentivo necessário para que o capital humano do seu negócio siga motivado e focado em alcançar os melhores resultados.

A pergunta a fazer aqui é: você sabe como garantir que isso aconteça? Se tem dúvidas a respeito, não se preocupe. Neste artigo, indicamos caminhos possíveis e apontamos dicas que vão tornar a sua missão enquanto líder mais fácil.

Siga acompanhando!

SAIBA+AZULIS: O que é gestão do conhecimento

O que é liderança e gestão de pessoas?

Liderança e gestão de pessoas são práticas diferentes – mas isso não quer dizer que não estejam conectadas. Aliás, é muito saudável que estejam.

A gestão de pessoas pode ser definida como um conjunto de práticas que auxiliam o desenvolvimento dos colaboradores de uma empresa. Ela envolve técnicas de motivação, retenção e também capacitação.

Já o papel da liderança é o de aproximar esse conceito da prática a partir da figura do líder. Como um exemplo a ser seguido e também uma referência para tirar dúvidas, ele engaja os profissionais e torna a missão da empresa mais palpável e clara.

SAIBA+AZULIS: Gestão participativa na empresa: vantagens e como implantar

Qual é a importância da liderança e gestão de pessoas?

Quando a empresa conta uma liderança orientada à gestão de pessoas, ela é capaz de aproveitar o melhor do seu capital humano. Isso significa entender a importância de cada funcionário, o que ele pode oferecer de melhor para o negócio e quais são as suas limitações.

O resultado é o aumento da motivação entre a equipe, que se sente valorizada. Criatividade, engajamento e produtividade tendem a crescer como consequência.

A existência de uma política de gestão de pessoas atrelada à figura de um ou mais líderes também reforça os valores que ajudam a construir a cultura organizacional. De quebra, isso incentiva que todos trabalhem em conjunto, com foco nas metas do negócio.

Principais desafios da liderança e gestão de pessoas

Combinar liderança e gestão de pessoas para uma administração mais eficiente pode até ser um caminho certeiro, mas também guarda seus desafios. Abaixo, listamos dois dos mais comuns para iniciar o processo.

Liderança x chefia

Se os desafios envolvidos são inúmeros, o primeiro deles é não confundir liderança com chefia. Ainda que seja bastante comum que a mesma pessoa desempenhe as duas funções, é fácil confundir as competências necessárias.

Uma liderança não impõe o lugar que ocupa, ela apenas o conquista no dia a dia, a partir de suas ações e posicionamentos. E é justamente por isso que desempenha uma influência tão natural em relação à equipe.

Promover uma gestão mais horizontal

O líder cumpre o papel de ser uma referência e também um agregador, mas não pode ser o único responsável pelas decisões.

Cada vez mais, a gestão de pessoas mostra a importância de construir negócios horizontais, em que as estratégias e os projetos são definidos com base na participação de todos aqueles que estão envolvidos no processo.

No entanto, pode não ser fácil descentralizar o poder e também as atribuições. Isso envolve repensar a própria cultura da empresa.

Como aplicar a liderança na gestão de pessoas?

Depois de tudo o que vimos até aqui, só resta partir para a prática. É hora de conferir as dicas que vão ajudar você a aplicar o conceito de liderança como parte da política de gestão de pessoas da empresa.

Fique ligado nestas etapas que não podem ficar de fora da sua estratégia:

Aposte na comunicação

A falta de comunicação pode minar as oportunidades de crescimento de uma empresa. Além de criar desconfiança entre os membros da equipe, ela gera incertezas sobre o momento vivido.

Por isso, as lideranças devem sempre manter um canal de diálogo aberto, que permita usar a transparência para falar sobre boas e más notícias, evitando comentários paralelos nos corredores.

É importante também estimular que os profissionais se sintam confortáveis para expressar suas dúvidas ou mesmo para oferecer sugestões.

Incentive a criatividade

Uma liderança que trabalha em conjunto com a gestão de pessoas se preocupa em construir um ambiente que incentiva a criatividade e o desenvolvimento de novas soluções.  Por isso, é preciso mostrar que existe espaço para novas ideias e que elas são, inclusive, bem-vindas.

Lembre-se sempre de que os funcionários fazem parte do dia a dia da empresa e conhecem em detalhes o modo como ela opera. Imagine o potencial desse domínio quando convertido em soluções criativas de alto impacto? Ao fazer isso, você estará promovendo o futuro do seu negócio.

Conheça quem ajuda a construir o seu negócio

Uma etapa essencial do processo é conhecer os colaboradores a fundo, ou seja, qual é a sua formação, seu perfil, seus pontos fortes, os pontos fracos e até mesmo os hobbies.

Essa é uma forma de montar equipes mais completas e explorar aquelas habilidades que realmente se sobressaem.

Precisa de mais tempo para se dedicar à gestão de pessoas? Conte com a Azulis para simplificar a sua vida e ter acesso às melhores soluções para o seu negócio. Acesse o nosso site e confira conteúdos exclusivos que vão inspirar você e ensinar como vender mais!

As informações foram úteis?

Você não achou esse artigo útil.
Nos ajude a melhorar! Como podemos tornar esse artigo mais útil?
Agradecemos pelo seu feedback!